Randolfe Rodrigues: Reforma Política efetiva é com participação popular

Uma Reforma Política com a participação popular. Essa é a única forma de realizarmos no Brasil uma Reforma Política efetiva, na avaliação do senador Randolfe Rodrigues do estado do Amapá e de seu partido o PSOL.

O senador participou nesta terça-feira (15) de uma reunião entre deputados, senadores e representantes da sociedade civil para organizar o ato de lançamento em 2011 da “Frente Parlamentar Mista pela Reforma Política com Participação Popular”.  O próximo passo será a coleta de assinaturas para a formalização do grupo, que deverá ser lançado com um ato político no mês de março.

Para Randolfe, essa Reforma deve ser pautada em questões pontuais como a revogação popular dos mandatos políticos.  A questão que está em três Propostas de Emenda à Constituição em tramitação no Congresso, confere aos eleitores o poder de revogar o mandato de um político que ele elegeu, caso ele considerasse como ruim a atuação desse parlamentar.

“Temos que transformar a indignação dos eleitores em ação para mudar a realidade política deste país. Essa Frente é do parlamento mas é induzida pela sociedade, o que fará com que o povo venha para o Congresso Nacional e que essa reforma política efetivamente aconteça”, defendeu o senador.

A Frente foi instituída em março de 2007 e no ano seguinte ampliou sua atuação no Congresso organizando audiências públicas com a participação dos ministros da Justiça e das Relações Institucionais.  Em 2011 esse conjunto de entidades da sociedade civil, senadores e deputados pretendem estimular e ampliar a participação da sociedade civil nas discussões sobre o tema reforçando a necessidade de uma reforma não apenas no aspecto eleitoral.

O deputado federal, Chico Alencar (PSOL-RJ) e a senadora Marinor Brito (PSOL-PA) também estiveram presentes e irão compor o grupo.

Gisele Barbieri

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: