PSOL decide pela independência e autonomia com relação ao Governo do Estado

O Partido Socialismo e Liberdade entende (PSOL) que a eleição do Senador Randolfe, com a expressiva votação de 203.259 votos, nos impõe uma responsabilidade muito grande, sobre tudo com o povo do Amapá, de dar resposta a profunda crise política, moral, social e econômica por que passa o Estado.

O PSOL estabelecerá um regime de colaboração com o governo, através de nosso Mandato que desde já está a disposição do estado e do povo, para responder e ajudar a resolver,a através do Congresso nacional, todas as demandas emergenciais que o Amapá precisa, mas que faremos de forma independente e autônoma, resguardando nossas instâncias e principalmente respeitando a decisão do conjunto de nosso Partido.

Sendo assim, o PSOL afirma seu caráter de independência e autonomia ao governo estadual e não fará parte da sua composição, estando desautorizada a participação de seus dirigentes e filiados, aplicando-se aos casos irreversíveis o afastamento de todas as instâncias do Partido pelo tempo que permanecerem no governo, conforme decisão do Diretório Estadual e o que rege o Capítulo III, Art. 13, III do Estatuto do SPOL.

Macapá, 17 de fevereiro, de 2011

Diretório Estadual do PSOL

Um comentário em “PSOL decide pela independência e autonomia com relação ao Governo do Estado

  • Março 8, 2011 em 10:38 pm
    Permalink

    Mas que palhaçada! Vem falar de autonomia e independencia, um partido que estar a serviço do “grupo da harmonia” inquilinos cativos da Papuda. O psol cançou de ser esquerda e decidiu ganhar um mandato a qualquer custo. Não se espante se daqui a alguns dias membros deste partido começar a ser investigado pela Policia Federal.

    Resposta

Deixe uma resposta