Prefeitura de Macapá quer dar um basta nos ” sujões”

Diariamente, centenas de funcionários atuam em todas as regiões da cidade, através de equipes da limpeza para manter a cidade limpa. O município também mantém regular coleta de lixo domiciliar, além de atender às solicitações feitas pelos moradores. Apesar de todos esses serviços, algumas pessoas insistem em jogar lixo em locais impróprios. Como forma de reprimir essa prática, a prefeitura poderá notificar e multar os infratores.

Essa decisão foi tomada na manhã de segunda-feira (23) durante reunião entre as secretarias municipais de manutenção urbanística, desenvolvimento urbano e grupamento ambiental da Guarda Municipal, para definir uma ação de fiscalização contra os que desrespeitam as normas de limpeza urbana previstas no Código de Postura do Município e depositam resíduos domésticos, entulhos e vegetação em locais não permitidos. Fiscais da Semur, Semdur e GMM tem notificado e autuado pessoas flagradas jogando lixo em vias e áreas públicas. Locais como as proximidades das escolas, canais do Beirol, Perpétuo Socorro, Nova Esperança, praças e outros pontos que foram monitorados. A partir de agora, quem jogar lixo em local proibido será notificado pela prefeitura e o mesmo poderá ser acionado pela promotoria pública ou encaminhado ao Ciosp.

Eraldo Trindade ressalta que não deveria ser preciso esta ação, mas quem insistir em criar lixões na cidade ficará sujeito a notificação e multa. “Na verdade, gostaríamos que isso não fosse necessário. Ninguém gosta de sujeira, mas é preciso que todos entendam que manter a cidade limpa é algo que depende tanto do poder público como da própria população. As pessoas que não concordam com os sujões também devem ajudar na conscientização dessas pessoas”, diz o secretário.

 

Prefeitura de Macapá
Coordenadoria de Comunicação

Andréia Freitas – Assessora de Comunicação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: