Herbert Emanuel Lança o livro RES em julho


O poeta Herbert Emanuel lançará, em Macapá, no dia 2 de Julho de 2011, no Centro Cultural Franco-Amapaense, a partir das 20h, o seu quarto livro de poemas, intitulado: RES.

A primeira sessão de autógrafos do livro RES aconteceu na 26ª Feira de Livros de Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul, em Maio de 2011. A edição é bilíngue, com tradução feita para o espanhol pelos poetas Leo Lobos e Cristiane Grando. A produção é do Tatamirô Grupo de Poesia.

Dono de uma poética singular, cuja temática predominante é sempre a própria linguagem, neste seu novo livro intitulado RES – palavra latina que significa coisa e que deu origem à palavra real, realidade – Emanuel não foge a esta linha: são 12 poemas que possuem como temática o próprio real, em suas múltiplas manifestações, em que o poeta busca, pela palavra, exprimir seus sentidos, transfigurados em matéria – coisa – poética. Ou como afirma Tânia Ataíde, professora de Literatura: “Nesta busca por significar o real, está – aí a verdadeira busca – a palavra, que, na ânsia de exprimir e na falta de signos que bem expressem o que para o poeta é a um só tempo indizível e impulso do seu fazer poético cotidiano, pede morada no neologismo roseano: o real-palavra é “Nonada” toma de empréstimo o peso-leveza do signo pedra, o real-signo é ônix.”

Mais uma vez o poeta Herbert Emanuel nos presenteia com um belo livro em que se estabelece, numa afirmação poundiana, o jogo inteligente das ideias e dos afectos. Um livro que nos fazer pensar/sentir ou sentir/pensar, como se queira.

Texto: Adiana Abreu

3 comentários em “Herbert Emanuel Lança o livro RES em julho

  • junho 25, 2011 em 5:48 pm
    Permalink

    meu amigo chico terra vc deveria ser mais reconhecido pelo tabalho que vc presta á amazõnia especialmente a questões ambientais, e culturais,apoiando os poetas ,e escritores amapaenses, exemplo de heberte com lançamento do seu livro, estaremos lá muito exito na sua carreira,abraço , mamede leal siqueira

    Resposta
  • junho 25, 2011 em 5:48 pm
    Permalink

    meu amigo chico terra vc deveria ser mais reconhecido pelo tabalho que vc presta á amazõnia especialmente a questões ambientais, e culturais,apoiando os poetas ,e escritores amapaenses, exemplo de heberte com lançamento do seu livro, estaremos lá muito exito na sua carreira,abraço , mamede leal siqueira

    Resposta
  • junho 26, 2011 em 5:23 pm
    Permalink

    Meu caro Mamede.
    Não busco as glórias humanas, mas apenas cooperar da melhor forma possível para um mundo melhor. De qualquer forma, recebo seu comentário como reconhecimento do pouco que contribuí nos últimos dez anos desse trabalho de formiguinha.
    Um abraço meu amigo.

    Resposta

Deixe uma resposta