Rondon presente na mesma época da construção da Madeira Mamoré

Parte dessa trajetória do Marechal Rondon, serão exibidas na praça que leva seu nome em Porto Velho, a partir das 19:30 h, são dois filmes, um sobre o próprio Rondon e o outro sobre o Major Reis que realizava o registro cinematográfico das ações do Marechal.

Importante fato histórico está relacionado paralelamente à construção da Madeira Mamoré. Foi no início de 1907, com a Comissão Rondon – “Comissão de Linhas Telegráficas Estratégicas de Mato Grosso ao Amazonas”, que iniciou suas atividades saindo do Mato Grosso ao Amazonas, com o propósito de ligar por telégrafo à Capital da República, o Rio de Janeiro à Santo Antônio do Madeira, pois Porto Velho não existia ainda. Várias frentes foram criadas para abrir picadas para o projeto da linha telegráfica, além de fazer reconhecimento da região, sendo inicialmente feitas duas etapas, não sendo possível, foram abertas mais frentes de trabalhos. “Expedição de 1907”, “Expedição de 1908”, “Expedição de 1909”, todas sob o comando da “Comissão Rondon”.

Em 1909, Rondon cai doente de malária, sendo internado gravemente no Hospital de Candelária que pertencia a companhia construtora da ferrovia. Já a companhia Madeira Mamoré Railway, na época inicial da cidade, tinha uma estação telegráfica sem fios que ligaria Porto Velho à Manaus, num alcance de 926 Km. Mas, Rondon continou seu trabalho, pois teria que cumpri a missão de instalação da linha telegráfica brasileira que ligaria Cuiabá a Porto Velho, com fios. Concluídos no dia 21 de setembro de 1914, que foi inaugurada em Porto Velho, numa extensão de 1.786,248 Km.

Imperdível, na praça Marechal Rondon, sábado dia 5 de maio a partir das 19:30 h, exibições de filmes em comemoração ao dia Nacional das Comunicações no Brasil, esse dia é em homenagem ao nascimento do marechal Cândido Mariano da Silva Rondon, patrono das comunicações do país. Venha prestigiar e conhecer um pouco de quem fez muito por nossa história e teve compromisso pelo Brasil.

Essa ação cultural tem o apoio da Fundação Iaripuna, Secel, Cerimonial do Governo da Cooperação, ABD Rondônia, fotógrafo rondoniense Luiz Brito.

Fonte: ABD Rondônia

Deixe uma resposta