Leilão de linhas de Belo Monte devem ocorrer em 2013

Por Fábio Couto/Reuters

RIO DE JANEIRO, 8 Mai (Reuters) – O governo planeja leiloar em 2013 duas linhas de transmissão de longa distância que vão conectar a hidrelétrica de Belo Monte (PA), de 11.233 megawatts (MW), ao sistema elétrico nacional.

As linhas seriam de corrente contínua de 800 quilovolts (kV), passando a ser maior tensão em corrente contínua em uso no Brasil e o terceiro país no mundo com esse nível, informou o presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim, nesta terça-feira.

As linhas, que estão sendo estudadas, sairiam de uma nova subestação chamada Xingu, e teriam dois destinos.

Uma delas teria 2.575 quilômetros de extensão, com conexão em uma nova subestação próxima ao município de Nova Iguaçu, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

A segunda linha, de 2.050 quilômetros, seria conectada à outra nova subestação, próxima à subestação Estreito, localizada no Triângulo Mineiro.

Tolmasquim, que participou do Enase, evento de energia elétrica realizado no Rio de Janeiro, afirmou que apenas a China possui uma linha de transmissão de 800 kV e que outra está em implantação na Índia.

O empreendimento estaria em licitação em 2013 para ser concluído a tempo da entrada em operação comercial da usina, em 2015.

As usinas do complexo do Rio Madeira (Santo Antônio e Jirau) vão ser interligadas por uma linha de transmissão de corrente contínua, mas com tensão em 600 kV.

 

Continue lendo aqui…

Deixe uma resposta

WhatsApp chat