Acadêmicos e profissionais de psicologia participam do dia do orgulho louco

Aconteceu na manhã desta sexta-feira, 18, uma intervenção artística em grande proporção no centro da cidade de Macapá. A ação foi alusiva ao dia do Orgulho Louco. A data é considerada um marco para a Saúde Mental por referir-se a comemoração ao dia nacional da Luta Anti-manicomial.

A mobilização acontece a mais de uma década em diversas capitais do país, propondo realizar a reflexão e questionamento sobre os preconceitos da sociedade com relação ao louco e a loucura. No Amapá, a Faculdade Estácio Seama através de professores e acadêmicos do curso de Psicologia participam desse movimento desde 2006.

“Com esta ação conscientizamos a população Amapaense a olhar com outro viés para as pessoas que sofrem dessa patologia, no qual aflige centenas de famílias no Amapá. As pessoas que possuem transtornos mentais devem ter apoio e principalmente cuidado tanto da família quanto do Estado”, enfatiza a Psicóloga, Janisse Carvalho.

Janisse comenta ainda que essa não é a única ação em prol da causa e relata que os profissionais da psicologia já articiparam de audiência pública para aprovação da Lei de Reforma Psiquiátrica Amapaense, passeata e pronunciamento na Câmara de Vereadores de Macapá.


Dinay Nascimento
Jornalista /Comunicação Faculdade Seama
Email:dsdnascimento
Fones:2101-5160 ou 9132-1309

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: