Morre o cantor Robin Gibb, do Bee Gees, aos 62 anos

O músico Robin Gibb, do Bee Gees, morreu neste domingo, aos 62 anos, após uma longa batalha contra um câncer de cólon.

O cantor estava internado desde o mês passado em uma clínica particular em Londres, na Inglaterra. Em abril, chegou a passar mais de uma semana em coma depois de contrair uma pneumonia.

Na última semana, após ter sido submetido a uma traqueostomia, o cantor já não conseguia falar e estava se comunicando por meio dos olhos.

O músico havia descoberto o câncer de cólon há quase dois anos, quando foi internado para fazer uma cirurgia. Um tumor secundário no fígado, desenvolvido recentemente, deixou o artista ainda mais debilitado.

A morte foi anunciada pela família de Robin, através de um breve comunicado: “A família de Robin Gibb, do Bee Gees, anuncia com grande tristeza que Robin faleceu hoje na sequência da sua longa batalha contra o câncer e cirurgia intestinal. Pedimos que a privacidade da família seja respeitada neste momento muito difícil”.

Robin Hugh Gibb nasceu no dia 22 de dezembro de 1949. Formou com seus irmãos Maurice (gêmeo de Robin) e Barry na Austrália, no final dos anos 50, o Bee Gees –um dos grupos mais populares dos anos 70 e 80.

O auge do trio, que revolucionou a música disco, foi o álbum da trilha sonora do filme “Os Embalos de Sábado à Noite” (1977), com temas como “Stayin” Alive” e “Night Fever”.

Os Bee Gees começaram a tocar juntos em 1955. No início da carreira, participavam de shows de talentos cantando músicas dos Everly Brothers e algumas canções compostas por Barry. O trio assinou com a gravadora Australia’s Festival Records em 1962 e lançou, nos cinco anos seguintes, uma dúzia de singles e dois álbuns.

Colin Petersen e Vince Melouney se juntaram à banda entre 1966 e 1967 e saíram em 1969. Naquele ano, Robin tentou seguir uma carreira solo e emplacou a música “Saved by the Bell” em segundo lugar nas paradas britânicas. Nesse período, Barry e Maurice continuaram como um dueto e lançaram singles solo paralelamente. Em 1970, o trio se reuniu.

O grupo foi convidado por Robert Stigwood, que havia produzido os filme “Jesus Cristo Superstar” e “Tommy”, para compor quatro ou cinco canções para a trilha sonora do filme “Os Embalos de Sábado à Noite”, com John Travolta. O trio gravou, então, três hits: “Stayin’ Alive”, “Night Fever” e “How Deep Is Your Love”.

Em 1988, o irmão mais novo dos três, Andy Gibb, morreu do coração aos 30 anos, e a banda se aposentou por um tempo, se reunindo em 1989.

Em 1997, os Bee Gees foram incluídos no Rock and Roll Hall of Fame e continuaram trabalhando e fazendo turnês ocasionais até 2003, quando Maurice Gibb morreu devido a uma parada cardíaca enquanto recebia tratamento por um problema no intestino.

viaTribuna da Bahia Online – Notícia.

Deixe uma resposta