Amazônia, Brasil, Geral, Meio Ambiente

Países em desenvolvimento defendem fundo de US$ 30 bilhões na Rio+20

O grupo dos 77 países em desenvolvimento (G77) e a China propuseram a criação de um fundo para projetos sustentáveis dotado com US$ 30 bilhões por ano na rodada final de negociações da Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável Rio+20.

“O G77 e a China defendem a criação desse fundo. É uma proposta que conta com grande respaldo dentro do grupo”, disse em entrevista coletiva no Rio de Janeiro o chefe da delegação brasileira, Luiz Alberto Figueiredo Machado.

O diplomata admitiu que a proposta enfrenta a resistência de alguns países, mas que já faz parte da rodada final de negociações, iniciada hoje no Rio de Janeiro a exatamente uma semana da abertura da cúpula que reunirá pelo menos 100 chefes de Estado ou de governo.

O fundo multilateral serviria para financiar projetos de desenvolvimento sustentável principalmente em países pobres.

O G77, integrado atualmente por 130 países, agrupa quase toda América Latina, África e as nações do Sul da Ásia.

Este grupo de países em desenvolvimento se associou à China para negociar em bloco durante a Rio+20, que acontece 20 anos depois da Cúpula da Terra, a ECO92.

O G77 considera a criação do fundo como uma forma de destravar as negociações sobre os chamados “meios de implementação”, um dos cinco capítulos do documento que será aprovado no Rio de Janeiro e que garante os instrumentos para cumprir o que for estipulado na cúpula.

A resistência dos tradicionais países doadores a comprometer-se com recursos na Conferência do Rio motivou os países em desenvolvimento a propor um mecanismo alternativo de financiamento.

A origem dos recursos que alimentarão o fundo proposto será discutida até a próxima quarta-feira pelos negociadores oficiais em encontros a portas fechadas no Riocentro e depois pelos governantes.

Segundo o secretário-geral da Rio+20, Sha Zukang, pelo menos 130 chefes de Estado ou de Governo se inscreveram para discursar na conferência, o que seria um recorde de participação em eventos da ONU.

O objetivo da cúpula, que será realizada entre os dias 20 e 22 de junho, é alcançar um consenso sobre um documento de compromissos, que pretende transformar em realidade o conceito de economia verde e dar estrutura institucional mundial às políticas de desenvolvimento sustentável.

Terra

Sobre Chico Terra

Este site é independente e sobrevive de pequenos anúncios e doações. Deposite qualquer quantia na conta Banco do Brasil AG2508-8 CC38020-2 e colabore para a manutenção deste espaço independente da cultura e informação da Amazônia.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Parceiro

Relaxando corpo e mente

Lançamento

Música da semana

Instagram do Chico Terra

Flagra de pura ternura. Faculdade Immes ganhou uma especialista que vai repassar conhecimento aos futuros assistentes sociais do Amapá. Parabéns professora! Viva Rebecca! No bar do Nego. Live! Daqui a pouco no Bar do Nego, beira rio Macapá.

Estatísticas

  • 934,103 visitas únicas desde 23/04/2012
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 12.330 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: