As descobertas de Knowles, de Barry Sharpless e Ryoji Noyori tornaram possível a fabricação de um dos principais medicamentos contra o Parkinson

William Knowles, vencedor do Prêmio Nobel de Química em 2001 (James A. Finley/AP)

O americano William Knowles, que em 2001 dividiu o Prêmio Nobel de Química com seu compatriota Karl Barry Sharpless e o japonês Ryoji Noyori por pesquisas que ajudaram no tratamento do Parkinson, morreu aos 95 anos, informou nesta segunda-feira o jornal Washington Post.

Lesley McIntire, filha do químico americano, confirmou que seu pai faleceu na quarta-feira passada. Ele sofria de esclerose lateral amiotrófica (ELA).

Veja