Brasil, Cultura, Geral

Com ‘Valente’, Pixar apresenta a primeira princesa de sua filmografia

Cena de ‘Valente’, nova animação do estúdio Pixar/Divulgação

Primeiro vieram os brinquedos, depois os animais, os super-heróis e os monstros. Mas em “Valente” (“Brave”, no original), pela primeira vez o estúdio Pixar mostra uma princesa, uma figura dominante no cinema de animação desde “A Bela Adormecida”, da Disney.

A Pixar, que construiu sua reputação com filmes que subvertem os padrões da animação tradicional, demorou sete anos para produzir “Brave”, que estreia na sexta-feira (dia 22) nos Estados Unidos e em 20 de julho no Brasil.

O processo foi excepcionalmente longo para um filme, que provocou algumas dores de cabeça nos executivos do estúdio. Por muito tempo eles manifestaram insatisfação com o longa.

Após cinco anos de desenvolvimento, o americano Mark Andrews retomou o controle do projeto das mãos de Brenda Chapman – uma veterana da animação que passou pela Disney e DreamWorks antes de chegar a Pixar -, com o lema “me apresentem uma boa história”, como contou à AFP.

A Pixar, geralmente elogiada pela qualidade dos roteiros, enfrentou um desafio duplo com “Valente”: fazer um filme sobre uma princesa (um gênero trabalhado durante décadas pela Disney, a casa matriz da Pixar) e confiar o papel principal, pela primeira vez na história do estúdio, a um personagem feminino.

Andrews garante que não é mais difícil trabalhar com uma heroína do que com um herói. “Sempre é um desafio, independentemente do personagem, sempre é um problema caracterizá-lo”, disse. “Que o personagem seja um homem, uma mulher, um pássaro ou um lagarto não tem importância. A questão é qual é a mensagem, como provocar empatia no público. Isso sempre é difícil.”

“Valente” segue as aventuras da princesa escocesa Merida, uma jovem de caráter forte que rejeita as tradições familiares, em particular o casamento acertado com um dos herdeiros da corte.

Decidida a convencer a mãe, Elinor, guardiã das tradições, a mudar de ideia, pede a ajuda de uma bruxa, que lança um feitiço sobre a rainha tão poderoso como indesejado e obriga assim Merida a revisar suas prioridades.

Andrews se sentiu cômodo com o universo escocês do filme. “Sou descendente de escoceses e sempre fui fanático pela história da Idade Média”, disse. Antes mesmo da produção, ele usava um kilt (típica saia escocesa) nas festas da Pixar. Também é arqueiro.

Também atuou como assessor oficioso de Brenda Chapman, quando ela ainda estava no comando do filme. E quando recebeu a direção do projeto, “o estúdio sabia que conservaria a honestidade e o amor cultivados por Brenda pela época e o local”, disse.

“Valente”, uma espécie de viagem de iniciação, trata da relação mãe-filha, ao abordar temas como a transformação, a aceitação do outro e o preço a ser pago pela maturidade.

Para Andrews, o centro do conflito entre Merida e sua mãe é que “elas não querem ouvir uma a outra. Querem que a outra renuncie a tudo porque cada uma considera que sua maneira de ver as coisas é, evidentemente, a melhor”.

O filme multiplica as proezas técnicas que caracterizam a Pixar, em particular com a fascinante animação dos cabelos ruivos da princesa e a representação das paisagens escocesas.

Com “Valente”, o estúdio espera deixar para trás o revés sofrido com “Carros 2″ (2011), uma produção que sofreu com a crítica e foi ignorada pelo Oscar, além de ter arrecadado ‘apenas’ US$ 550 milhões em todo o mundo, ou seja, metade do arrecadado por “Toy Story 3″ (2010).

Último Segundo

Sobre Chico Terra

Adquira o CD Fotografias da Amazônia de Chico Terra ao preço de R$20,00 e ajude na manutenção deste espaço de informação que é seu. Contato WhatsApp 96 99118-6505 ou baixe app.vc/chicoterra

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Notícias da Amazonia

Magazine Chico Terra

Magazine Chico Terra

Faça suas compras no conforto do seu lar com o máximo de confiabilidade. Experimente agora!

Podcasts&Programas

Na Baiúca do Chico Terra

Desculpas. Eu falei, merda! Na mesa de estudo da neta Karita Eduarda, Brasil rito e ritmo, Paulo Coelho e 50 tons de cinza. Vamos ver como ela se sai como cinegrafista do Projeto Viola enluarada. As vezes reclamar funciona. Já vieram limpar!

Onde estamos

WhatsApp +55 96 99118-6505

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 6.356 outros seguidores

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 6.356 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: