Amazônia, Brasil, Cidadania, Política

Municípios do Amapá recebem retroescavadeiras do PAC 2

Retroescavadeiras MDA

A partir desta terça-feira (26), seis municípios do Amapá poderão investir na infraestrutura de suas estradas e fortalecer a comercialização da agricultura familiar local. O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) fará a entrega de quatro retroescavadeiras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) para os municípios beneficiados. Vitória do Jari, Mazagão e Porto Grande vão receber uma máquina cada um. Já os municípios de Ferreira Gomes, Pedra Branca do Amapari e Serra do Navio recebem uma retroescavadeira em associação de prefeituras.

A cerimônia acontece às 9h, no Parque de Exposições da Fazendinha, em Macapá. Os prefeitos dos municípios contemplados receberão as máquinas diretamente da delegada federal do MDA no Amapá, Elisângela do Espírito Santo Ferreira. Para ela, a ação reflete o compromisso do governo federal e do MDA com a população rural. As máquinas poderão ser utilizadas nas obras de infraestrutura para a recuperação das estradas vicinais, que ligam as zonas rurais e urbanas. Essas vias são fundamentais para o escoamento da produção dos trabalhadores do campo. “Os equipamentos vêm em boa hora porque vão trazer, acima de tudo, qualidade de vida para agricultores familiares e assentados da reforma agrária”, afirma a delegada. “A recuperação das estradas vai possibilitar que os agricultores transportem as mercadorias com segurança e mantendo a qualidade do produto”, avalia.

Os seis municípios beneficiados no estado fazem parte dos territórios da cidadania Centro-Oeste e Sul do Amapá. Entre eles está Mazagão, situada a 50 km da capital. O município possui 17 mil habitantes e 168 comunidades de agricultores e ribeirinhos. Segundo o prefeito José Carlos ‘Marmitão’ , as máquinas significam muito para o município, que é essencialmente rural. “Essa é uma iniciativa que emociona muito a todos os que dependem das estradas para vender seus produtos. As obras que serão realizadas aqui vão permitir o desenvolvimento do município e da agricultura familiar no estado”, afirma o prefeito.

Para receber os equipamentos, os municípios precisaram participar de uma seleção e preencher alguns critérios, como pertencer ao programa Territórios da Cidadania, ter menos de 50 mil habitantes e ter maior participação da agricultura no PIB total do município.

PAC 2

Até o momento, o MDA entregou 831 máquinas, beneficiando 849 municípios brasileiros. Neste primeiro momento, serão entregues 1.275 máquinas a 1.299 municípios, ao custo total de aproximadamente R$ 212 milhões. O Rio Grande do Sul foi o primeiro estado a receber os equipamentos, em dezembro de 2011. Este ano, municípios do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Santa Catarina, Alagoas, Rondônia, Bahia, Ceará, Piauí, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Acre, Tocantins, Sergipe Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Paraná receberam os equipamentos. Recentemente, foi anunciada pela presidenta Dilma Rousseff a doação de retroescavadeiras para mais 3.591 municípios e de mais 1.330 motoniveladoras.

Serviço
Solenidade de entrega de retroescavadeiras
Data: 26 de junho (terça-feira)
Horário: 9h
Local: Parque de Exposições da Fazendinha, em Macapá (AP)

Assessoria de Comunicação Social MDA

Sobre Chico Terra

A la Glauber Rocha, o genial visionário do Cinema Novo que tinha uma câmera na mão e uma idéia na cabeça, Chico Terra tinha há 14 anos um velho computador, uma câmera fotográfica e uma inquietação invulgar, que o ofício de músico não dava conta de sossegar. Chico, é preciso esclarecer, é observador de esquina, desses que repara imagens, muitas imagens, em fração de segundos. Tornou, por isso, o passatempo de fotógrafo – cultivado em Minas Gerais desde os anos 1970, quando ainda era operário da Fiat – em profissão. Pois não é que o Chico operário-fotógrafo-músico, decidiu virar, desculpem o palavrão, webdesigner. Desenhou e pôs no ar, em 11 de novembro de 2000, o Amapá Busca. Desde então, eremita na mesmíssima casa onde nasceu e à qual voltou após a longa temporada mineira, Chico divide atenção entre sobreviver sem o conforto de bens materiais e prestar inestimável serviço à cultura do Amapá. Pelo sítio de Chico, já passaram seguramente todos os músicos amapaenses – a quem dedica admirável amizade e intransigente defesa. Já passaram, também, por conta dessa fidelidade, manifestações indignadas contra gente que, vendo artista com vassalo, insiste em relegar a democratização da cultura ao segundo plano ou a reservar o primeiro plano a uns poucos protegidos. Amapaense da gema, Chico cria e encampa teses, reclama e elogia, exibe rico acervo fotográfico e dá voz, não raro sendo ele mesmo porta-voz, à divergência. Já deve ter sido confundido com ativista político submisso a alguma legenda, coisa que efetivamente nunca foi. Na verdade, Chico tem lado, não sabe ficar em cima do muro e opina muito, agradando a gregos e chateando a troianos. Num cantinho da casa que o seu Antonio Almeida construiu nos anos 1930, ao lado de uma janela que joga a luz da manhã no recinto, está o computador velho de guerra do múltiplo Chico. É ali que, quase sempre alta madrugada, em missão solitária, o operário-fotógrafo-músico-repórter senta para escrever, feliz, páginas de seu tempo. Vida longa, pois, Chico Terra! (Euclides Farias)

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Radio e Tv Web Ao vivo!

* 6h Momento da Prece * 6:30h Canta Amazônia * Meio dia Instrumental & Tal * 14h Amazônia e Brasil * 16h O Canto da Amazônia * 18h Relaxando o corpo e a mente * 18:20 Tudo Amazônia * 00h Instrumental&Tal * 3:00 Mais Amazônia

Instagram do Chico Terra

O samba soa em tom menor.
O céu levou um bamba. Chico Terra no Bar do Nego
Complexo Beira Rio em frente ao Macapá hotel as 20h. Força para 2015. Relaxando corpo e mente.
Disponível no CHICOTERRA.COM #4ever Mulher de fibra.
Deus te proteja!

Estatísticas

  • 906,551 visitas únicas desde 23/04/2012
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 12.279 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: