Nos Estados Unidos, após 13 anos de proibições, foi aprovada a utilização do medicamento Lorcaserina contra obesidade desenvolvido pela empresa Farmacêutica Arena. A FDA (Vigilância Sanitária dos EUA) aprovou a utilização do medicamento para auxiliar ao combate da obesidade no país por adultos com um índice de massa corporal (IMC) de 30 ou mais, que já é considerado como obesidade moderada e para adultos com IMC maior que 27 que é considerado sobrepeso.

Essa nova opção de tratamento através dessa droga ainda não vem para o Brasil “Não será uma revolução…Já existem outros medicamentos no mercado com um funcionamento semelhante. Mas é importante, porque será mais uma alternativa para os médicos.” diz Rosana Radominski, da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso).

Nota da Redação: Vale Ressaltar que a atividade física moderada, associada a uma alimentação equilibrada e consumo de água em abundância já auxiliam e muito no controle da obesidade. Nada precisa ser com exagero, mas sim com cautela. Todo e qualquer medicamento pode promover efeitos colaterais.
Por Márcia Martins/FPM