Amazônia, Brasil, Denuncia, Geral, Política

Assembleia Legislativa do Amapá pagava setores da imprensa local para atacar o Ministério Público e adversários de Moisés Souza

O objetivo era silenciar e intimidar os membros do Ministério Público que investigam supostos esquemas de corrupção que teria desviado milhões dos cofres da Assembleia Legislativa.

Heverson Castro

A Assembleia Legislativa por meio do presidente afastado Moisés Souza, pagava com verbas públicas setores da imprensa e programas de rádio de baixo-nível, para serem utilizados numa campanha orquestrada com objetivos claros de difamar o Ministério Público e criar um clima de instabilidade na instituição que culminaria com um golpe constitucional de derrubar a Procuradora Geral de Justiça, Ivana Franco Lúcio Cei.

O uso do poder econômico, utilizando verbas públicas se dava através do pagamento de notas fiscais com objetivos genéricos como: “Divulgação Institucional” e “Divulgação de Serviços de Mídia”, sem explicitar os espaços, anúncios, horários, etc.
Havia ainda um esquema montado de pendurar na folha de pagamento da Assembleia Legislativa “jornalistas” e parentes dos mesmos, que eram usados na estratégia de mover campanha contra o Ministério Público e adversários políticos do grupo político que controla a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, confundindo a opinião pública na tentativa de tirar o foco dos escândalos envolvendo servidores e parlamentares.
Outra suposta irregularidade envolvendo o pagamento de setores da imprensa é a denúncia de que a Agência de Publicidade M2 Comunicação seria de propriedade de uma funcionária da ALAP.
Confira abaixo a lista de veículos, jornalistas e parentes de jornalistas do Amapá que supostamente recebiam verbas da Assembleia Legislativa, via agência de publicidade e folha de pagamento:
1- Tropical Rádio Difusão – Rádio 102 e TV Tucuju (Propriedade do ex-senador Gilvam Borges, detentor de diversas concessões públicas de TV e rádio no Amapá)
Pagamentos Mensais pela Agência de Publicidade M2

TV Tucuju – R$ 40.891 (mensal)
Programa O Estado é Notícia – R$ 10.118,00 (mensal)
Rádio Mídia Rotativa – R$ 5.385,00 (mensal)
Rádio Tarumã – R$ 27.744,00 (mensal)
Programa O Troco – R$ 2.034,00 (mensal)

Folha de Pagamento da Assembleia Legislativa
Sergio Cleber de Souza Barbosa – R$ 2.455,08 (Jornalista do Diário do Amapá, Assessor de Imprensa do Senador José Sarney e da Rádio 102)
Silvio dos Santos Souza – R$ 2.035,00 (Jornalista do Programa O Estado é Notícia)
Ennara Nascimento Borges – R$ 2.035,00 (namorada de Silvio Souza, chegou a morar em Santarém/PA e receber pela ALAP)
2 – Jornal Tribuna Amapaense
Pagamentos Mensais pela Agência de Publicidade M2 – R$ 9.249,00 (mensal)
Folha de Pagamento da Assembleia Legislativa
Vicente da Silva Cruz – R$ 5.548,00 (colunista da TA, advogado, atualmente ocupa cargo de Secretário Municipal na PMM)
3 – Rádio 101 e Programa Tribuna da Cidade (Carlos Lobato)
Pagamentos Mensais pela Agência de Publicidade M2
Programa Tribuna da Cidade (Carlos Lobato) – 13.8702,00 (mensal) Nota Fiscal de empresa de Construção Civil
Mídia Institucional – 30.872,00 (mensal)
Folha de Pagamento da Assembleia Legislativa
Juliele Andrade Marques – R$ 5.548,97 (cantora e esposa de Carlos Lobato)
Joevany Andrade Marques – R$ 2.035,00 (cunhado de Carlos Lobato)
Brasilino Brasil Lobato Neto – (irmão de Carlos Lobato)
4 – Jornal A GAZETA (Proprietário Sillas Assis Jr, apontado no relatório da Operação Mãos Limpas da PF em suposto esquema de corrupção)
Pagamentos Mensais pela Agência de Publicidade M2 – R$ 17.000,00 (mensal)
Folha de Pagamento da Assembleia Legislativa
Gilberto Ubaiara Rodrigues 3.921,00 (Redator A Gazeta e colunista da coluna Gazetilha)
5- TV Amazônia (Record) – A TV local tem como sócios o sobrinho do deputado Moisés Souza e o filho do deputado Edinho Duarte)
Pagamentos Mensais pela Agência de Publicidade M2 – R$ 17.260,10 (mensal)
6 – Jornal Correio do Amapá – Esse jornal não circula mais. A nota fiscal vem como divulgação no Programa “Batendo Lata”, um programa de baixarias.
Pagamentos Mensais pela Agência de Publicidade M2 – R$ 9.282,00
Folha de Pagamento da Assembleia Legislativa
Rodrigo Flavio Portugal Alves – R$ 3.073,00 (Apresentador do programa de baixarias Batendo Lata e O Troco)
Via Heverson Castro

Sobre Chico Terra

Este site é independente e sobrevive de pequenos anúncios e doações. Deposite qualquer quantia na conta Banco do Brasil AG2508-8 CC38020-2 e colabore para a manutenção deste espaço independente da cultura e informação da Amazônia.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Parceiro

Relaxando corpo e mente

Lançamento

Música da semana

Instagram do Chico Terra

Flagra de pura ternura. Faculdade Immes ganhou uma especialista que vai repassar conhecimento aos futuros assistentes sociais do Amapá. Parabéns professora! Viva Rebecca! No bar do Nego. Live! Daqui a pouco no Bar do Nego, beira rio Macapá.

Estatísticas

  • 934,103 visitas únicas desde 23/04/2012
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 12.330 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: