Projeto Sonora Brasil ´´ A sonoridade do fole gaúcho´´com os músicos Gilberto Monteiro e Grupo tocando as músicas das tradições gaúchas

Sonora Brasil – Formação de Ouvintes Musicais é um projeto temático que tem como objetivo realizar programações identificadas com o desenvolvimento histórico da música no Brasil.

Em sua 14ª edição, o Sonora Brasil possibilita às comunidades visitadas o contato com a qualidade e a diversidade da música brasileira e contribui para o conjunto de ações desenvolvidas pelo SESC visando à formação de platéia. Para os músicos, propicia uma experiência ímpar, colocando-os em condição privilegiada para a difusão de seus trabalhos e, consequentemente, estimulando suas carreiras.

Nesta 2ª etapa  a sonoridade do fole gaúcho será apresentada porGilberto Monteiro e Grupo , instrumentista e compositor, nascido na cidade de Santiago do Boqueirão, considerado um dos mais importantes músicos do Rio Grande do Sul, que acompanhado de Eduardo Cantero (violão) e Fernando Gorrie (percussão), leva a música das tradições gaúchas pelo país.

Gilberto Monteiro e grupo compõem a temática Sotaques do Fole e apresentam ao público a gaita-ponto. Conhecida no sul do Brasil como gaita-ponto, gaita de duas conversas ou acordeona de oito baixos, funciona pelo sistema chamado de “voz trocada”, onde cada botão gera dois sons distintos dependendo da direção do movimento do fole, o que a diferencia do acordeão de teclado, em que cada tecla ou botão corresponde a uma única nota, independentemente do movimento do fole.

Diferentemente do instrumento utilizado no nordeste do país, a gaita sulista de oito baixos e duas carreiras é eminentemente diatômica, influenciando a música tradicional gaúcha. Sonoro, resistente à umidade, fácil de conduzir, capaz de animar toda uma sala de baile, impõe-se como instrumento solista, substituto da rabeca e da viola em temas musicais que acompanham as danças tradicionais gaúchas.

As vaneras, vanerões, chamamés, chamarritas, contra-passos, xotes, bugios, milongas e rancheiras ganham espaço e definem seus estilos no som da gaita-ponto, instrumento que representa a música característica da região Sul.

Data: 24 de julho de 2012
Local: Auditório da Escola SESC- Macapá

Avenida Jovino Dinoá, 4311
Horário:  19 h
Entrada gratuita
Livre para todos os públicos.

Deixe uma resposta