Amazônia, Brasil, Cultura, Notícias, Religare

Comunidade do Curiaú festeja o padroeiro São Joaquim

Foto: Grabriel Penha – Aos 92 anos, dona Francisca Ramos dos Santos, a “Dona Chiquinha”, é devota de São Joaquim, na comunidade quilombola do Curiaú

Começou na tarde desta quinta-feira, 9, na comunidade quilombola do Curiaú, a festividade em louvor a São Joaquim. Uma das mais tradicionais festas do lugar, este ano a manifestação cultural recebe apoio financeiro do governo do Estado na ordem de R$ 12 mil, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), e ainda há a presença de outras secretarias no evento: de Afrodescendentes (Seafro); Indústria, Comércio e Mineração (Seicom) e Turismo (Setur).

A abertura foi marcada por um almoço na maloca de dona Francisca Ramos dos Santos, de 92 anos, conhecida na região como “Dona Chiquinha”. O filho dela, Adelson Socorro Ramos dos Santos, 47 anos, diz que está emocionado por mais um ano da comemoração e ressalta que o apoio do Estado é fundamental para que a tradição não acabe. “O governo estadual atendeu nosso pedido e São Joaquim é celebrado mais um ano. Sinto-me feliz por fazer parte desse momento”, emociona-se Adelson.
Dona Raimunda Leite da Paixão, 68 anos, exibe orgulhosa imagem do padroeiro São Joaquim, na comunidade quilombola do Curiaú
Uma das organizadoras da festa é dona Raimunda Leite da Paixão, de 68 anos. Ela é madrinha da bandeira, herança deixada pela avó. “Nesse período, só posso dizer que tenho uma missão a cumprir”, orgulha-se.

“O governo do Estado cumpre seu papel de apoiar e fomentar as festas tradicionais. E cumprir esse papel de maneira satisfatória tem sido preocupação constante do governador Camilo Capiberibe. Grande exemplo é a Festa de São Tiago, realizada em Mazagão Velho, mês passado, que foi aprovada tanto pela comunidade quanto pelos visitantes”, informa a secretária da Seafro, Neucirene Almeida de Oliveira.

Até o próximo dia 18, São Joaquim será exaltado com ladainha, folias e muito batuque, além da peregrinação da imagem pela vila e bailes dançantes. A primeira ladainha e batuque acontecem nesta primeira noite dos festejos.

Gabriel Penha/Seafro

Sobre Chico Terra

Está a venda ao preço de R$30 o CD duplo de música e fotografia do autor deste sítio, CHICOTERRA.COM na loja OnLine. A destinação dos recursos adquiridos são para a manutenção deste espaço gratuito e democrático. Acesse http://chicoterra.com/baiuca e adquira o seu.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 8.912 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: