Amazônia, Brasil, Política

A gestão eficiente para o desenvolvimento

Quem conhece o Amapá constata claramente os avanços obtidos durante apenas um ano e meio da gestão do PSB e do PT, do governador Camilo, da vice Dora e toda a equipe de governo.

Do último colocado na execução das obras do PAC, em 2010, o Amapá agora é o 4º maior realizador de todo o país, superando grandes estados como Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.

O estado tinha ficado fora do PAC 2 por que a prefeitura e o governo dos Góes não concluíra nenhuma obra do PAC 1. Era constrangedor para mim e para toda a bancada do Amapá chegar à gerência do programa e ouvir somente referências ruins ao governo passado e à prefeitura da capital. Com muito esforço de toda a equipe, o governador Camilo conseguiu incluir o estado no PAC, superou a imagem negativa que o país tinha do Amapá e, em 18 meses figuramos entre os mais eficientes do Brasil.

Dentro do Programa de Obras e Ações para Mudar o Amapá – o PROAMAPÁ, o Governo retomou obras importantes, como a conclusão da BR 156, a rodovia Norte/Sul e a AP 070; paralisadas durante todo um governo, as obras no acesso à ponte binacional estão retomadas e concluídas em breve, facilitando o intercâmbio com o departamento francês da Guiana, nossa fronteira com a Europa. Está concluindo os Hospitais Estadual de Santana, o do Oiapoque e o de Laranjal do Jari; está construindo a nova feira do pescado e reformando o Estádio Zerão; reformou 98 escolas e está construindo outras 46; estão sendo trocados 67 quilômetros das redes de distribuição de água na capital e melhorado o serviço nos municípios do estado; já começaram as obras para instalar a rede de fibra ótica que levará a internet banda larga da Guiana ao Amapá e executado o maior programa de habitação da história do Amapá – o conjunto Macapaba, o conjunto Aturiá e o conjunto Congós – um investimento de R$ 200 milhões para construir mais de 5 mil novas moradias. Os vencimentos dos servidores estão tendo recomposição salarial para recuperar perdas de anos anteriores.

O governador Camilo cumpre outro compromisso de campanha, acertado com os professores da rede estadual. Já foram entregues computadores portáteis para cerca de 300 professores. Ao todo, 7 mil e 500 professores receberão os notebooks do Programa Professor Conectado, um investimento de R$ 15 milhões e 886 mil.

Foram entregues computadores portáteis durante a inauguração da Escola Estadual Professora Jacinta Carvalho, que atenderá 2 mil adolescentes. Justa homenagem a uma educadora por excelência que partiu tão jovem. Também receberam computadores 40 professores que trabalham no Arquipélago do Bailique, a 12 horas de barco da capital, que volta a ter energia durante 24 horas por dia.

Por isso, desde o início do ano passado, o Amapá lidera o ranking nacional da geração de empregos com carteira assinada. A taxa dos últimos 12 meses supera todos os estados brasileiros: aumento de 11,41%. Só neste ano foram criados 1.475 novos postos.

Destaco a atenção às mulheres vítimas de escalpelamento por meio das campanhas de prevenção aos acidentes e do mutirão de cirurgias plásticas reparadoras, em convênio com a Defensoria Pública da União e a Sociedade Brasileira de Cirurgias Plásticas – custeadas totalmente pelo governo do estado; o mutirão de cirurgias ortopédicas e a retomada do programa Visão para Todos, em andamento.

Ações integradas, coordenadas e eficientes que revelam que o Amapá vive um grande momento, de desenvolvimento e inclusão social. Em apenas 18 meses, o Amapá está cada dia melhor, com realizações que levam qualidade e tornam mais feliz a vida da população.

*Janete Capiberibe é deputada federal no 3º mandato eleita pelo PSB do Amapá

Sobre Chico Terra

A la Glauber Rocha, o genial visionário do Cinema Novo que tinha uma câmera na mão e uma idéia na cabeça, Chico Terra tinha há 14 anos um velho computador, uma câmera fotográfica e uma inquietação invulgar, que o ofício de músico não dava conta de sossegar. Chico, é preciso esclarecer, é observador de esquina, desses que repara imagens, muitas imagens, em fração de segundos. Tornou, por isso, o passatempo de fotógrafo – cultivado em Minas Gerais desde os anos 1970, quando ainda era operário da Fiat – em profissão. Pois não é que o Chico operário-fotógrafo-músico, decidiu virar, desculpem o palavrão, webdesigner. Desenhou e pôs no ar, em 11 de novembro de 2000, o Amapá Busca. Desde então, eremita na mesmíssima casa onde nasceu e à qual voltou após a longa temporada mineira, Chico divide atenção entre sobreviver sem o conforto de bens materiais e prestar inestimável serviço à cultura do Amapá. Pelo sítio de Chico, já passaram seguramente todos os músicos amapaenses – a quem dedica admirável amizade e intransigente defesa. Já passaram, também, por conta dessa fidelidade, manifestações indignadas contra gente que, vendo artista com vassalo, insiste em relegar a democratização da cultura ao segundo plano ou a reservar o primeiro plano a uns poucos protegidos. Amapaense da gema, Chico cria e encampa teses, reclama e elogia, exibe rico acervo fotográfico e dá voz, não raro sendo ele mesmo porta-voz, à divergência. Já deve ter sido confundido com ativista político submisso a alguma legenda, coisa que efetivamente nunca foi. Na verdade, Chico tem lado, não sabe ficar em cima do muro e opina muito, agradando a gregos e chateando a troianos. Num cantinho da casa que o seu Antonio Almeida construiu nos anos 1930, ao lado de uma janela que joga a luz da manhã no recinto, está o computador velho de guerra do múltiplo Chico. É ali que, quase sempre alta madrugada, em missão solitária, o operário-fotógrafo-músico-repórter senta para escrever, feliz, páginas de seu tempo. Vida longa, pois, Chico Terra! (Euclides Farias)

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 12.211 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: