Avião Bandeirante abandonado desde 2009, em São Paulo, volta ao Amapá

Pousou às 13h desta quarta-feira, 21, no Aeroporto Internacional de Macapá, o avião Bandeirante que pertence ao Governo do Estado do Amapá (GEA) e que estava abandonado desde 2009, na oficina da Embraer, em São Paulo.

A aeronave foi enviada para manutenção, mas não houve nenhum empenho da gestão anterior para buscar o patrimônio, o que ocorreu somente em 2011, quando o governador Camilo Capiberibe determinou ao chefe de Divisão de Transportes Aéreo da Secretaria de Estado dos Transportes, Victor Jr., que tomasse todas as medidas necessárias para buscar o avião.

"Pagamos uma dívida da aeronave desde 2006 no valor de R$ 809 mil, fizemos uma licitação para executar a manutenção, e agora o avião volta novamente a ficar a disposição do Estado", comentou o diretor Victor Jr.

O chefe de Divisão de Transportes Aéreo disse que na oficina da Embraer um cidadão inglês pediu para entrar na aeronave e ficou maravilhado pelas condições do avião. "É o mais conservado do mundo, dito pelo próprio fabricante da aeronave, a Embraer", comentou Victor Jr., explicando que o avião é um modelo Bandeirante versão Executiva, para dois tripulantes e dez passageiros comprado pelo Governo do Amapá em 1989.

Mais do que devolver o patrimônio ao Estado, o retorno da aeronave significa também economia para os cofres públicos. Ano passado, só transportando doentes do interior para a capital, o governo pagou mais de R$ 1 milhão.

Paulo Ronaldo Almeida
9902-3264
9117-3671
@Praalmeida

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: