Diretora do HCA desmente, nas redes sociais, presidente do Sindicato dos Médicos do Amapá

O presidente do Sindicato dos Médicos do Amapá (Sindmed), Fernando Nascimento, conhecido por fazer duras críticas à saúde do Estado, silenciou na manhã de sábado, 15, após denunciar que não havia adrenalina na farmácia do Hospital da Criança e do Adolescente (HCA).

No primeiro post ele diz que: “segundo colegas, a UTI do HCA encontra-se sem adrenalina”. Logo em seguida, a diretora da unidade, Olinda Araújo, que no twitter assina como @olinda3, rebate: “@nnafernando NÃO É VERDADE SUA INFORMAÇÃO, temos SIM a adrenalina no HCA”.

O médico, que durante a gestão de Waldez Góes ficou em silêncio, ainda tentou argumentar, mas, logo em seguida, a diretora fez o seguinte comentário: “por que o senhor não apura as informações antes de publicar? Isso, além de deselegante, é de péssimo caráter”.

Fernando Nascimento ainda teve o socorro do colega de profissão Uilton José Tavares (@UiltonTavares), que foi preso em 2007 pela Polícia Federal durante a operação Antidoto, que tentou mudar o foco do assunto ao escrever no microblog que “por orientação da Olinda o auditório do HCA se transformou em enfermaria. Tem ar condicionado, mas não tem ventilação natural. Imagine cheiro”.

“Eles mudam de conversar e tentam desconstruir tudo de positivo que fazemos. Ora, ao transformar o auditório em enfermaria, aumentamos o número de leitos. O local é climatizado e o doutor Fernando sabe muito bem que está dentro das normas de saúde”, disse a diretora.

Ainda no twitter ela desafiou o presidente da Sindmed: “@nnafernando se o senhor quiser vamos nos encontrar, agora, na farmácia do HCA e veremos quem ESTÁ FALTANDO COM A VERDADE!!!”.

Após esse post, a diretora foi para a frente do HCA, mas o não médico não apareceu. Olinda Araujo informou ainda que a adrenalina na UTI é abastecida conforme solicitação para a farmácia que funciona 24h.

Fonte: Folha do Estado – http://www.folha-ap.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: