Prefeito alinha ações junto a Caixa Econômica Federal para construção de moradias em Macapá

O prefeito de Macapá, Clécio Luís, se reuniu nesta terça-feira, 15, com a superintendente Regional da Caixa Econômica Federal (CEF/AP), Maria Celeste Teixeira, o gerente regional da CEF, Célio Lopes e o diretor da construtora Direcional, Alessandro Culoccini. O encontro tratou da construção de um conjunto habitacional no bairro Buritizal, na zona Sul da capital amapaense.

Também estiveram presentes no encontro os secretários municipais da Governadoria (Segov), Charles Chelala, de Obras e Serviços Públicos (Semob), Elder Fábio, de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Semduh), Elden Paulo e o procurador geral do município, Emmanuel Dante.

De acordo com Célio Lopes, o projeto prevê a construção de 1.440 unidades habitacionais, mas existe um problema com o terreno onde o empreendimento será edificado e a CEF precisa que a PMM resolva. O gerente elucidou que o proprietário da área afirma a posse da área, que já passou por um processo de desapropriação.

“A prefeitura não foi clara em dizer que desapropriou a área. Precisamos que a PMM resolva com o proprietário. Após a resolução do impasse, será possível a execução da obra”, explicou Célio Lopes.

Levantamento

De acordo com Elder Fábio, titular da Semob, está em andamento um levantamento das informações da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, juntamente com a Semduh, para a resolução dos gargalos para a construção das moradias. O secretário destacou que a falta de transição dificultou o acesso a esses dados, mas que ele e os técnicos da PMM estão empenhados na execução da obra.

Sumiço do servidor dificulta acesso a informações

O titular da Semduh frisou que a pesquisa de informações é feita manualmente, já que o servidor (banco de dados computadorizado) do órgão desapareceu antes de ele assumir a pasta. Por sua vez, o procurador geral do município garantiu que tomará as medidas legais para dar celeridade ao processo em relação à legalidade do terreno.

Compromisso em tocar a obra

O prefeito enfatizou que está disposto em resolver os entraves que impedem a construção das habitações. Clécio Luis ressaltou que este é um novo momento e que trabalhará em conjunto com a Caixa Econômica Federal, em benefício da população macapaense. Ele disse ainda que o povo não pode mais ser prejudicado pela inoperância da gestão passada, que engessou projetos como o debatido na reunião.

“Nós queremos tocar essa obra. Temos todo o interesse em melhorar as condições habitacionais e de urbanização de Macapá. Mas para isso, precisamos das informações, que não temos ainda, para que possamos agir. Após o levantamento, tomaremos as medidas necessárias e assinaremos este convênio, se possível, ainda neste mês, pois o cidadão tem o direito de ter a casa própria e nós trabalharemos para isso”, ponderou o prefeito Clécio Luís.

Elton Tavares – Asscom PMM

Deixe uma resposta