Coordenadoria de Acessibilidade e Mobilidade Urbana implanta novo sistema de fiscalização

Objetivo principal é conscientizar a população da importância de espaços acessíveis na capital

Criada em 2008, a Coordenadoria de Acessibilidade e Mobilidade Urbana (CMMAU) tem o papel de promover a acessibilidade, facilitando o deslocamento de todos os cidadãos através de uma rede de ruas, faixas, vias e ciclovias exclusivas para pedestres, com segurança e autonomia, especialmente aos que têm dificuldade de locomoção, como é o caso das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e dos idosos.

Pensando nisso, a coordenadoria implantou uma nova sistemática, na qual os projetos urbanos, antes de terem o alvará liberado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Senduh) passarão primeiramente por análise técnica da Coordenadoria.

No caso de haver falhas, será dispensada a devida orientação, conforme leis federais acerca do tema, bem como a promoção da conscientização sobre a importância de se ter espaços que garantam a liberdade e a autonomia dos cidadãos.

Segundo a Coordenadora da CMMAU, Ariane Luna, o município passa por mudanças constantes, por isso a sociedade deve pensar em transformação na conduta do dia a dia.

“É preciso que as pessoas se conscientizem de que adequar e destinar espaços às pessoas com dificuldade de locomoção é investir na melhora da qualidade de vida de todos”, explicou.

A CMMAU funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, na Av. Presidente Vargas, 831, Centro, no prédio da Semduh.

Sharlot Sandim – Asscom CMMAU

Deixe uma resposta