Força tarefa fará reforma emergencial no Glicerão para receber Copa Brasil

Em reunião nesta segunda-feira, 21, na Coordenação Municipal de Esporte Lazer (Comel), com representantes da Secretaria de Estado de Desporto e Lazer (Sedel) e entidades relacionadas ao futebol amapaense, foram definidos parâmetros de infraestrutura básica para a realização da copa do Brasil de futebol feminino no estádio municipal Glicério de Souza Marques.

Pontos importantes referentes à estrutura das arquibancadas e gramado estiveram na pauta da reunião. Após visita técnica, a administração do estádio recebeu laudo do Corpo Militar de Bombeiros que denuncia avarias na estrutura metálica de sustentação das arquibancadas. Ferrugem e fissuras na estrutura que sustenta a cobertura das arquibancadas também foram detectadas. Juntamente com o laudo o CMB solicita a interdição das arquibancadas do estádio.

Uma força tarefa formada pela Comel, Sedel, Secretaria de Estado da Infra-Estrutura (Seinf) e Federação Amapaense de Futebol (FAF) foi criada, para colocar o estádio em condições mínimas de funcionamento, e receber a contento os jogos e torcedores.

Medidas emergências serão tomadas em relação ao gramado, devido à proximidade da Copa do Brasil Feminina, no dia 2 de fevereiro. Comel, Sedel, FAF e Seinf trabalharão de forma colaborativa na revitalização da grama e troca de lâmpadas do estádio.

Após a Copa do Brasil o gramado receberá novas placas de grama oferecidas pela Sedel, havendo tempo suficiente para se fixar antes dos campeonatos estaduais, Copa do Brasil Masculino e do Campeonato Brasileiro Série D.

Uma reforma emergencial está sendo planejada para liberação das arquibancadas pelo Corpo de Bombeiros. A Seinf verifica os pontos críticos nas estruturas metálicas e da cobertura que necessitam de reparos para a liberação.

Marcelo Corrêa – Asscom Comel

Contato: 8131-0367

Deixe uma resposta