Macapá fica em sétimo lugar em investimento na educação nas cidades da região norte

Da Frente Nacional de Prefeitos, o anuário Multi Cidades revela índices de despesas com Educação em todos os municípios brasileiros

Informações do anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil, da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) em parceria com a Aequus Consultoria, apontaram que Manaus foi o município com o maior volume de recursos destinados à Educação na Região Norte em 2011.

Nesse período, a soma dos gastos com Educação das cidades nortistas chegou a R$ 7,7 bilhões, um aumento de 14,2% em relação ao ano anterior. O anuário chama a atenção para o peso da Educação na receita corrente dos municípios de Rorainopólis-PR, Santarém-PA, Parintins-AM e Cruzeiro do Sul-AC, que investiram 56,8%, 47,4%, 42,3% e 36,7%, respectivamente.

Em números absolutos, Manaus investiu R$ 669,9 milhões – maior volume de recursos destinados à Educação na Região Norte. Em seguida, estão os municípios de Belém e Porto Velho com R$ 270,7 milhões e R$ 213,8 milhões, respectivamente.

A média de gasto por aluno nas cidades foi de R$ 2.896,59 em 2011. Segundo dados do anuário, as cidades de Gurupi, Aurora do Tocantins e Tupirama – todas pertencentes ao Tocantins – tiveram os maiores gastos por aluno, com R$ 12.046,44, R$ 11.572,92 e R$ 9.190,64, respectivamente.

Fonte: Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil

Raio-X do Brasil

Os municípios brasileiros destinaram valor recorde de R$ 94,8 bilhões à Educação em 2011, segundo dados divulgados pelo anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil. A taxa de crescimento dá continuidade ao processo de expansão de oito anos.

Os três maiores volumes de investimento foram realizados pelas cidades de São Paulo (R$ 7,03 bilhões), Rio de Janeiro (R$ 2,76 bilhões) e Belo Horizonte (R$ 1,06 bilhão), que juntas concentraram 57,9% de todo o gasto com Educação das capitais brasileiras e atenderam 47,9% do total de alunos da rede municipal das capitais.

Entre os municípios do interior, os destaques ficaram para São João de Meriti-RJ (36,3%), Duque de Caxias-RJ (27,7%), Parnaíba-PI (24,8%), Petrolina-PE (24,5%), Caucaia-CE (24,5%), Santarém-PA (23,6%), Caruaru-PE (22,1%) e Carapicuíba-SP (20,2%), com os maiores índices de crescimento em investimento em Educação.

Esse item representou, em 2011, 26,9% da despesa total dos municípios brasileiros. Segundo dados do anuário, é o maior patamar entre os anos de 2002 e 2011. Essa participação é mais significativa nos municípios com até 20 mil habitantes, nos quais representou, em média, 30,6%.

Per capita

Nas cidades selecionadas e nas capitais, o valor investido por aluno foi: R$ 5.141,82 e R$ 5.533,77, respectivamente. Dentre os municípios do interior, chamam atenção as despesas por aluno realizadas pelas cidades de Santos-SP (R$ 10.721,16), Niterói-RJ (R$ 9.103,90) e Santo André-SP (R$ 8.572,99).

No ranking geral, os municípios que executaram a maior despesa por aluno foram União da Serra-RS (R$ 76.172,02), Grupiara-MG (R$ 47.886,25) e Santana da Ponte Pensa-SP (R$ 32.928,91). Entre as capitais, as que aplicaram mais recursos por aluno foram Porto Alegre (R$ 11.224,81), que ficou na 69ª posição, e São Paulo (R$ 9.050,99), na 177ª posição.

As 10 cidades que mais investiram em Educação no Brasil em 2011

Posição UF Município Despesa com educação Matrículas rede municipal 2011
em R$
SP São Paulo 7.033.974.633,96 777.150
RJ Rio de Janeiro 2.757.282.501,58 674.296
MG Belo Horizonte 1.055.457.790,43 170.712
CE Fortaleza 713.436.378,12 206.242
PR Curitiba 686.976.982,18 131.327
AM Manaus 669.905.062,03 224.148
BA Salvador 612.618.923,73 145.076
RS Porto Alegre 607.138.942,33 54.089
SP São Bernardo do Campo 582.813.670,01 75.303
10º SP Guarulhos 531.647.517,68 101.442

Fonte: Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: