Bombardeio do regime deixa 18 mortos no noroeste da Síria

Dezoito pessoas morreram neste domingo no bombardeio contra a cidade de Ariha, noroeste da Síria, por parte das forças do regime de Bashar Al-Assad, anunciou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

As forças governamentais abriram fogo a partir da periferia da cidade. Foto: AFP
As forças governamentais abriram fogo a partir da periferia da cidade. Foto: AFP

Dezenas de pessoas também ficaram feridas no bombardeio que atingiu todo o mercado central da cidade.

As forças governamentais abriram fogo a partir da periferia da cidade.

Os confrontos em Ariha começaram no meio da semana, quando as forças rebeldes lançaram uma ofensiva par ampliar o controle da cidade.

Os rebeldes de Ariha postaram um vídeo denunciando uma matança e onde se vê corpos despedaçados e pessoas carregando cadávares.

Mais cedo, o OSDH informou que os corpos de 13 membros de uma mesma família, entre eles seis crianças, mortos por milicianos pró-regime sírio, foram encontrados neste domingo em sua casa em Baida, um localidade da costa síria.

Também informou que intensos combates eram travados perto do aeroporto internacional de Aleppo e de várias bases aérea de seus arredores e que perto de Damasco, um oficial da Guarda Republicana morreu nos combates contra os rebeldes.

Terra

Deixe uma resposta