SIMS inova na 50ª Expofeira do Amapá com o Palco da Juventude

A Secretaria de Estado da Inclusão e Mobilização Social (SIMS), por meio do Núcleo de Juventude, inova sua participação na programação da 50ª Expofeira do Amapá com o Palco da Juventude. O projeto integra o ProJuventude e tem o objetivo de promover e incluir jovens artistas amapaenses.

O Palco da Juventude visa dar oportunidade aos diversos grupos de dança, bandas de garagem, artistas teatrais, DJs e jovens cantores dos mais variados estilos que não se encaixam no perfil do edital de seleção de propostas de atrações da Secult. Todas as atrações desse palco não receberão cachê, mas contarão – além da estrutura de palco, som e iluminação – com transporte, alimentação e divulgação de seus talentos nos meios de comunicação.

O projeto será realizado ao longo da programação da 50ª Expofeira, em um espaço ao lado da arena principal, no horário das 19h às 23h. A programação será diversificada e dividida por estilos. A abertura será no dia 27, com a Noite ExpoHouse, que destaca os jovens DJs.

"Nosso objetivo maior é de garantir a inclusão e promover o talento daqueles jovens que se utilizam da sua arte e talento como forma de se esquivar da marginalidade e da exclusão social, de fugir da rotina e de ajudar outros jovens de sua comunidade. Além disso, é determinação do governador Camilo Capiberibe que seja um espaço jovem, plural e inclusivo", afirmou Bruno Vaz, um dos coordenadores do projeto.

Outras ações compõem a programação do Palco da Juventude, como a inclusão de jovens artistas com necessidades especiais; um estande para apresentação de trabalhos e projetos desenvolvidos por coletivos artístico-culturais de juventude; e a instalação de um dispensador de preservativo no espaço, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde. Será realizado ainda o cadastro de jovens artistas e/ou grupos culturais para outras ações e edições do projeto.

Ascom/SIMS

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: