Seed promove II Encontro Estadual de Educação Quilombola

A abertura do II Encontro Estadual de Educação Quilombola, que este ano tem como tema "Direito à memória: Por uma Reparação Histórica", promovido pela Secretaria de Estado da Educação (Seed), acontecerá na próxima quarta-feira, 6, às 9h, no Anfiteatro da Universidade Federal do Amapá (Unifap).

Realizado em parceria com as Secretarias de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR), para os Afrodescendentes (Seafro) e Associação de Historiadores (ANPHU), o evento acontecerá até a sexta-feira, 8 de novembro.

O encontro foi idealizado para ser um fórum de discussão, reflexão e proposições para as unidades escolares localizadas em áreas remanescentes de quilombos ou que atendem a estudantes oriundos destas áreas.

A iniciativa visa contribuir com a troca de experiências educacionais, com a valorização das boas práticas pedagógicas, e para o reconhecimento da importância histórica dos saberes das comunidades tradicionais, adequando o fazer pedagógico às novas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Quilombola.

A programação contará com palestras, oficinas e minicursos, e são voltadas para os profissionais da educação e aberta a comunidade em geral.

"No ano em que completamos 10 anos da lei que torna obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana nas redes públicas e particulares, é hora de refletir sobre o nosso fazer pedagógico. Estamos avançando nas políticas públicas de formação continuada voltada à educação e para as relações étnico-raciais. O objetivo principal é promover uma transformação social, além de reparar injustiças históricas contra aqueles que contribuíram e que continuam a contribuir com a construção da nação brasileira", disse Silvaney Rubens, gerente do Núcleo de Educação Étnico- racial, da Seed.

Adryany Magalhães/Seed

Deixe uma resposta

WhatsApp chat