Governo do Amapá inaugura nesta sexta-feira a 19ª escola em três anos de gestão

Escola Estadual Risalva Freitas do Amaral, localizada no bairro Pantanal, é modelo de arquitetura inteligente que melhora o nível de ensinoMais uma escola será entregue pelo Governo do Amapá reforçando os investimentos na reestruturação da educação no Estado. A Escola Protótipo Professora Risalva Freitas do Amaral, no bairro Pantanal, em Macapá, está pronta. Com isso, o governo realiza um sonho antigo dos moradores daquela área. A programação de inauguração está marcada para iniciar às 14h desta sexta-feira, 7, com atividades do programa Mais Saúde.

É a terceira escola protótipo construída e entregue na gestão do governador Camilo Capiberibe. Em 2012, foi inaugurada a Escola Estadual Jacinta Carvalho, na Fazendinha. Em 2013, uma grande festa foi realizada para entregar a Augusto dos Anjos, no Pacoval. Nesta sexta será a vez de os moradores do Pantanal comemorarem e entrega Escola Professora Risalva Freitas do Amaral.

Construída em um terreno de 2.000m², a escola se destaca pelo seu amplo espaço interno, áreas urbanizadas e jardins. O primeiro bloco, com dois pavimentos, é imponente com arquitetura arrojada e moderna. Nesse bloco, levam ao primeiro andar uma grande escada com corrimãos e uma plataforma elevatória para cadeirantes.

Passarelas cobertas em alvenaria fazem o deslocamento até a quadra coberta, que conta com amplos vestiários. A distância da quadra é estratégica para que o barulho, provocado por quem desenvolve atividades físicas, não atrapalhe os que estudam nas salas.

Um amplo refeitório com cozinha, lanchonete, dispensa e depósito para materiais de limpeza vai acomodar centenas de alunos. Nas áreas de convivência, o paisagismo e a urbanização foram pensados para trazer um ambiente de tranquilidade aos alunos. O valor total investido na construção da Escola Risalva do Amaral é de mais de R$ 3,8 milhões.

Em três anos de gestão, o Governo do Estado inaugurou 19 escolas, cinco delas em 2013, e aplicou milhões em investimentos para reestruturação física da educação, com reformas, ampliações e construções de novas escolas. É possível destacar, em Macapá, as escolas Mário Quirino, no Buritizal; Deusolina Salles Farias, no Pacoval; Josefa Jucileide, no Nova Esperança; e Augusto Antunes, em Santana.

Álvaro Penha
alvaromacapa@hotmail.com
Da Redação – Agência Amapá

Deixe uma resposta