Semsa inicia campanha contra HPV com meta de vacinar 95% das adolescentes de Macapá

A Prefeitura de Macapá realizou nesta segunda-feira, 10, o primeiro dia de vacinação contra o Papiloma Vírus Humano (HPV) destinada a meninas de 11 a 13 anos de idade. Segundo levantamento feito pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), com apoio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), existem 14.303 adolescentes com esta faixa etária em Macapá.

A primeira fase da campanha está sendo realizada nas escolas públicas e privadas, beneficiando os pais que não têm tempo de levar suas filhas até às unidades de saúde. Segundo o coordenador municipal de Vigilância em Saúde, Eldren Lage, a meta é vacinar 95% das adolescentes na capital e distritos.

“A implantação da vacina pela rede pública de saúde é um avanço na redução de casos de câncer no colo do útero. Hoje o HPV é um dos principais causadores desse mal que aflige as mulheres em todo país”, relatou Eldren.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Antônia Andrade, com a ajuda dos pais ou responsáveis, o adolescente pode ser protegido e preparado antes da iniciação sexual. “É motivo de orgulho saber que os pais estão aderindo à campanha contra a quarta doença que mais mata as mulheres”.

Ana Paula, 37 anos, aproveitou o primeiro dia da campanha, que coincidiu com a volta às aulas, para levar sua filha Priscila, de 11 anos, para se imunizar. "Temos que procurar o melhor para os nossos filhos. Toda prevenção é necessária e precisa ser feita", disse ela, que foi orientada pelas equipes da Semsa e Semed. Sem medo da agulha, a adolescente conta que a injeção no braço "não dói nada".

Sônia Sandim/Asscom Semsa

Fotos: Max Renê

Deixe uma resposta

WhatsApp chat