Em agosto será dado início ao maior plano de restauração asfáltica de Macapá

O mês de agosto marcará a virada de página para a situação de centenas de vias na cidade de Macapá. Prefeitura e Governo do Estado celebraram nesta terça-feira, 1º de julho, convênio para a recuperação asfáltica de ruas e avenidas de mais de 30 bairros. Serão mais de 150 km de artérias pavimentadas, cujos trabalhos aguardam somente o cessar das chuvas. Agosto será o tempo da Operação Verão, garantindo a execução do Plano de Mobilidade Urbana promovido pelas duas esferas governamentais.

O convênio assinado na manhã desta terça-feira é relativo ao valor de R$ 27.890.107,00 (vinte e sete milhões, oitocentos e noventa mil, e cento e sete reais), que garantirão um total superior a 50 km de vias recuperadas, compreendendo serviços de terraplenagem, pavimentação e drenagem.

Entre os bairros a serem contemplados estão Brasil Novo, Beirol, Buritizal, Congós, Infraero II, Jardim Felicidade, Laurindo Banha, Marabaixo III, Muca, Novo Buritizal, Perpétuo Socorro, Zerão, Pacoval, Trem e Cuba de Asfalto. O cronograma de trabalho está sendo elaborado pela Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana (Semob).

Não por acaso o local escolhido para a assinatura do convênio foi o bairro Perpétuo Socorro – acesso para a Beira Rio, um dos principais cartões postais da capital. Lá, os serviços estão garantidos com ações diretas do Município e do Estado. A dona de casa Diana Oliveira, 32 anos, esteve no evento porque quis ver de perto o que há de mudança para seu bairro, e ela gostou do que ouviu.

“Há anos sofremos com a situação das nossas ruas. Tive que vir ver com meus próprios olhos para acreditar, e ter a certeza de que depois poderei cobrar nossos gestores. Estávamos abandonados e, agora sim, podemos agradecer. Vou aguardar com ansiedade o início das obras”, disse a moradora.

O prefeito de Macapá, Clécio Luís, afirmou que com o verão as ações de pavimentação serão potencializadas, por isso a denominação de “Operação Verão”. “Estamos devolvendo a dignidade do nosso povo. Assumimos o compromisso e estamos cumprindo. O bom tempo possibilitará a maximização dos serviços, assegurando a recuperação das ruas e garantindo, acima de tudo, a acessibilidade dos espaços urbanos”.

Já o governador do Amapá, Camilo Capiberibe, avaliou que o crescimento da capital tornou a mobilidade urbana uma necessidade imediata. “Confiamos na capacidade da Prefeitura de Macapá em executar os serviços. Por isso, firmamos esta parceria, porque temos convicção que as benfeitorias irão chegar até a população. O prefeito Clécio está pouco mais de um ano à frente do município, e somos conhecedores que é impossível resolver problemas que são consequência de anos de descaso. Mas esta página foi virada e agora temos um prefeito que tem responsabilidade com recursos e com a gestão”.

Mais frentes de trabalho

Outros dois convênios foram firmados na ocasião. A Prefeitura de Macapá receberá do Governo do Amapá, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinf), R$ 309.892,79 para a execução da reforma e adaptação do toldo da Feira Popular de Macapá, e mais R$ 1,8 milhão para limpeza de logradouros, manutenção de vias e desobstrução de canais.

As ações não param por ai. Para cumprir o planejamento de pavimentar mais de 150 km de vias, a prefeitura executará mais 50 km com recursos próprios, o Governo do Estado mais 63 km, e ainda são esperados recursos provenientes do Governo Federal e de emendas parlamentares, o que deve ampliar consideravelmente o número de vias contempladas.

Nessas ações, a zona Norte não foi esquecida, além dos bairros já citados, outros mais periféricos, como Bairro Ipê, Sol Nascente e Buritis também receberão cuidados. Mais central, mas não menos carente, o bairro Cidade Nova contará com pavimentação em bloquete nas ruas Santa Maria, Oriosvaldo Coelho Caxias, Santa Cruz, São Benedito e na Avenida Raimundo de Souza Mesquita.

Há muito chão pela frente para percorrer, planejar, executar e recuperar. A previsão é que os serviços sejam iniciados em agosto e se estendam até 2015. E nesse novo cenário para Macapá, governos Municipal e Estadual unem força técnica e financeira em prol da cidade.

Rita Torrinha e Lilian Guimarães – Asscom PMM
Contato: 9189-8067[galeria]

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: