Varejo da construção amapaense se prepara para aumentar as vendas em tempos de crise

O objetivo da capacitação é proporcionar aos participantes, conhecimentos estratégicos para promover e aumentar as vendas, a fim de melhorar os resultados financeiros das empresas no mercado e a performance da equipe de vendedores

Denyse Quintas

Colaboração: Nelma Pires

Diante de um cenário econômico em desaceleração e cada dia mais desafiador para o comércio, o Sebrae, por meio do Projeto Fortalecimento do Comércio Varejista da Construção Civil do Amapá, realiza o Curso Gestão Estratégica de Vendas, para as lojas de material de construção amapaense.

Segundo, a proprietária da empresa Construção & Reforma, Silmara Maia, a oportunidade oferecida pelo Sebrae veio em boa hora e considero uma alternativa válida para aproveitar esse momento complicado, em especial para o varejo. “Se aliarmos o conhecimento adquirido no curso a um bom planejamento e uma equipe capacitada, os resultados de vendas poderão ser positivos no cenário atual”, disse a empresária Silmara Maia.

Atualmente, o consumidor está inseguro, o dinheiro desapareceu do mercado e a incerteza quanto ao que vem por aí, fez com que as vendas em muitas lojas de material de construção caísse em todo território nacional.

Segundo pesquisas da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat), as vendas de materiais de construção caíram 16,8% em setembro, causada pela queda de renda das famílias, em razão da inflação, o aumento do desemprego e o medo de perder o emprego diante das incertezas da economia estão fazendo o brasileiro adiar a reforma da casa pela primeira vez em dez anos.

Dados da Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), entidade representante do segmento, revelam que todas as categorias de produtos, apresentaram queda de vendas em setembro, com destaque para cimento (retração de 11%) e revestimentos cerâmicos (queda de 9%). A venda de tintas, fechaduras e ferragens, recuou 5% no mês passado, segundo pesquisa da entidade com 530 lojistas de todas as regiões do país.

De acordo com a gestora do Projeto Fortalecimento do Comércio Varejista da Construção Civil do Amapá, Nelma Pires, é papel do Sebrae apoiar e preparar as empresas do varejo da construção amapaense para enfrentar a crise, por meio de soluções para melhorar a eficácia dos seus processos de vendas.

O Curso Gestão Estratégica de Vendas, foi realizado no Sebrae, no período de 5 a 9 de outubro, das 19h às 22h, com a participação de lojistas do segmento varejista da construção.

Deixe uma resposta