Artistas locais de renome ficaram fora das apresentações da Expofeira do Amapá

Chico Terra
Uma discussão pelas redes sociais lamentando a ausência do cantor e compositor Zé Miguel e da cantora Patrícia Bastos nas apresentações da 51ª Expofeira do Amapá trouxeram a baila duas reflexões: Desvalorização do trabalho artista local e retaliação que ocorre nos governos de plantão quando o artista têm (ou teve) alguma ligação de caráter político-oposicionista.
Ocorre que Zé Miguel, foi secretário de cultura no governo Camilo Capiberibe e na sua gestão, conforme declaração de artistas como o vereador e músico Marcelo Dias, houve retaliação. “Fui limado na gestão passada e agora que posso, vou me apresentar” disse recentemente em grupo de rede social.
Transcrevemos  a fala de Val Milhomem e Zé Miguel abaixo:
Val Milhomem: “A decisão de não participar é do próprio Zé Miguel amigo, assim como a Patricia Bastos que decidiu sabiamente, afinal ela é a maior referência da música do Amapá, vencedora do maior prêmio da música brasileira em 2014 e tem divulgado a nossa cultura e nosso estado por onde passa, são dois representantes da nossa música mas enfim!”
Zé Miguel: “Desculpe querido amigo e parceiro Val Milhomem, mas acho que lhe passaram informações erradas. Eu me inscrevi no Edital por entender que não sou melhor do que ninguém, e quando saiu a lista de aprovados, meu nome não constava, até aí tudo bem, eu posso não ter alcançado os pontos necessários, mas aí fiquei sabendo que haveria um lista de convidados que sairia em seguida, pensei então que talvez tivessem me deixado fora da primeira porque estaria na segunda junto com todos os outros grandes nomes da música que também não constavam na primeira. Só que aí saiu a segunda… E curiosamente meu nome também não estava lá. Eu decidi apenas não discutir com ninguém e nem fazer questão, a Patrícia que constava na segunda lista é que resolveu não participar, respeito e louvo a atitude dela.
Escrevo essas coisas apenas para esclarecer, mas não faço questão alguma de nada, Deus no controle!
Desejo a todos um bom show, os artistas.”
Durante a edição desta matéria, procuramos saber a opinião da cantora Patrícia Bastos, mas não obtivemos resposta.

Deixe uma resposta