NASA resolve mistério sobre vida extraterrestre numa estrela

Cientistas acreditam que padrões de luminosidade misteriosos da estrela são causados por cometas que orbitam em torno dela
A estrela, conhecida como KIC 8462852, já intriga os cientistas há vários anos por emitir padrões de luminosidade misteriosos comparativamente a outras estrelas.
Reprodução

Há cerca de um mês, o Telescópio Espacial Kepler captou imagens de um estrela que orbitava perto da Via Láctea e que emitia misteriosos padrões de luz, o que levou os cientistas a sugerir a possibilidade de ter encontrado a primeira prova de existência de vida extraterrestre. Agora, a NASA acredita que a aparência da estrela é causada por cometas que orbitam em torno dela, eliminando, assim, a ideia que apontava para vida alienígena naquele local.

A estrela, conhecida como KIC 8462852, já intriga os cientistas há vários anos por emitir padrões de luminosidade misteriosos comparativamente  a outras estrelas.
Quando foi identificada, o astrônomo Jason Wright, da Universidade da Pensilvânia afirmou que parecia “algo que esperaria ser construído por uma civilização alienígena.” Já Tabetha Boyajian, pesquisadora na Universidade de Yale, disse que se tratava de “algo nunca visto”.
No entanto, as novas descobertas da NASA explicam que as imagens que pareciam uma “megaestrutura” alien resultam de vários fragmentos de cometas de diferentes tamanhos que passam à frente da estrela e bloqueiam a luz criando, assim,  padrões luminosos estranhos.
“Talvez ainda não saibamos o que está a ocorrer em torno desta estrela, e é isso que a torna tão interessante”, afirmou Massimo Marengo, um astrofísico da NASA .
De acordo com Marengo é necessário fazer mais observações para esclarecer o mistério criado em torno da estrela KIC 8462852.
“É uma estrela muito estranha que me lembra quando descobrimos os pulsares (estrelas de nêutrons que emitem ondas de rádio). Eles estavam a emitir sinais estranhos que ninguém tinha visto anteriormente, e o primeiro a ser descoberto foi batizado de LGM-1 (iniciais de ‘pequeno homem verde’, na sigla em inglês)”, disse.

Um comentário em “NASA resolve mistério sobre vida extraterrestre numa estrela

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: