Morte de David Bowie repercute no mundo todo

Madonna, Paul McCartney, Kanye West e os Rolling Stones prestaram homenagens ao músico. Astronauta escreveu mensagem da estação espacial.

A morte de David Bowie teve uma repercussão universal. Foto: Divulgação
A morte de David Bowie teve uma repercussão universal. Foto: Divulgação

Do Rock and Roll ao rap, da música à política, da terra ao espaço. A morte de David Bowie teve uma repercussão universal.
Os Rolling Stones escreveram: “Estamos profundamente tristes com a morte do nosso querido amigo”.
Madonna contou que está devastada: “David Bowie mudou a minha vida pra sempre”.

Paul McCartney escreveu: “Vou sempre me lembrar das gargalhadas que demos juntos esses anos todos”.
Yoko Ono citou o ex-marido John Lennon: “Como John e eu tínhamos poucos amigos, considerávamos David alguém da família”.
O primeiro-ministro britânico, David Cameron, disse: “Temos que celebrar o grande artista que tornou melhor a vida de todos nós”.

Da Estação Espacial Internacional, o astronauta Tim Peake escreveu que Bowie foi uma inspiração pra muitos. Outro astronauta gravou um clip, a bordo da estação, cantando um dos clássicos de David Bowie três anos atrás. Hoje, já de volta à terra, Chris Hadfield escreveu: “Seu brilho inspirou a todos nós. Adeus, Starman”. Starman, que em português é “homem das estrelas”, é o nome de uma das músicas de Bowie.

No domingo (10), o Carnegie Hall, uma das casas de espetáculos mais famosas do mundo, anunciou que faria um concerto em homenagem a David Bowie. Mas era para ser um tributo à carreira, e não um show em memória dele. Os organizadores foram surpreendidos com o anúncio da morte, horas depois. E mantiveram a programação. O concerto vai ser no fim de março.
Na internet, uma ilustradora britânica representou as diferentes caras de David Bowie ao longo da carreira. O camaleão do rock em transformação.

G1

Deixe uma resposta