Zona franca verde: O Amapá rumo ao caos

Icomi, hidrelétricas e agora uma tal Zona franca verde para legalizar a destruição total daquilo que resta no estado do Amapá que já foi batizado pelos cavaleiros do apocalipse de “última fronteira do agronegócio”. Ainda há tempo de impedir e salvar o que resta.

Deixe uma resposta