Demanda por cursos superiores do Ifap via Sisu cresce mais de 100% em 2017 – AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Demanda por cursos superiores do Ifap via Sisu cresce mais de 100% em 2017

Reprodução Ifap

As inscrições nos cursos superiores do Instituto Federal do Amapá (Ifap), via Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para o ano letivo de 2017, tiveram um crescimento de mais de 100% em relação ao ano passado. Em 2016, 9.137 candidatos inscreveram-se no Sisu para concorrer a uma das vagas ofertadas pela instituição; em 2017, esse número saltou para 19.475 candidatos. Desses, 8.559 candidatos optaram por cursos de licenciaturas e 10.902 por cursos tecnológicos.
A faixa etária com maior percentual de inscrição é a de 18 a 24 anos, e as mulheres correspondem a mais de 54% das inscrições. De acordo com a reitora, Marialva Almeida, esses números “mostram a evolução do Ifap como instituição de ensino cuja credibilidade tem se consolidado junto à população do estado”.

Ao todo, o Ifap ofertou 400 vagas, via Sisu, 190 delas destinadas à ampla concorrência, 10 para ações afirmativas e 200 vagas ofertadas para atender à lei de cotas. De acordo com o Diretor de Graduação da Pró-reitoria de Ensino (Proen), Ederson Leite, “até 2014, o Ifap atendia somente à capital amapaense, mas após a consolidação de políticas de fortalecimento e crescimento da oferta dos cursos tecnológicos e cursos de formação de professores, o Ifap passou a ofertar ensino superior nos municípios de Laranjal do Jari e Santana. Nesse período, nós tivemos uma forte expansão da Rede Federal de Ensino e, com isso, demos oportunidades para que estudantes tivessem acesso à educação superior pública de qualidade. Em 2011, ofertávamos 160 vagas anuais aos estudantes de graduação e hoje ofertamos 400 vagas, um crescimento de 250%”, informou.

Por Alexandre Brito, coordenador de comunicação do Ifap

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: