Sábado de Aleluia e Domingo de Páscoa tem abertura do Ciclo do Marabaixo no Laguinho, Favela e Campina Grande

O Ciclo do Marabaixo de 2017 inicia neste final de semana com o Passeio Ciclístico para chamar a atenção da população para que prestigie e valorize o evento legítimo das tradições amapaenses. A Comissão responsável pelos festejos e a Secretaria de Políticas Para Afrodescendentes (Seafro), reuniu nesta terça-feira, 11, com representantes das equipes de pedal, URBE e Informação Pedal, para definirem as últimas estratégias para que o passeio ocorra dentro dos padrões. Após Passeio Ciclístico, as famílias festeiras começam a preparar os barracões onde, no final da tarde de sábado e Domingo de Páscoa, 16, iniciam os festejos tradicionais.

 

O Passeio é aberto para quem quiser participar, em qualquer modelo de bicicleta, e terá toda estrutura necessária para que os participantes percorram o trecho sem contratempos. Segurança, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, batedores, CTMac, Batalhão de Trânsito, distribuição de água e panfletos, atendimento médico, são os serviços em parcerias que estarão disponíveis do início ao fim da programação. Tocadores e dançadeiras de marabaixo estarão no início e fim do passeio. Além destes parceiros, o Ciclo tem o apoio do Governo do Estado, que investiu R$ 90 mil, mais material publicitário, e da Prefeitura de Macapá (PMM), que abriu um edital para investimento no valor de R$ 30 mil.

 

Após o Passeio, no fim da tarde deste Sábado de Páscoa, a programação continua nos barracões da Favela, na Dona Gertrudes Saturnino, e na Dica Congó, duas pioneiras que dão nome aos locais das festas, e na comunidade de Campina Grande, no km 21. Os festeiros, promesseiros, público em geral, serão recebidos nos três endereços, a parir das 17h, com muito marabaixo, gengibirra e caldo, nos ambientes enfeitados com as cores da Santíssima Trindade, azul e branca, entidade festejada na Favela e Campina. Até meia-noite as caixas estarão tocando, anunciando mais um Ciclo do Marabaixo.

 

No Domingo de Páscoa é a vez do bairro Laguinho abrir os barracões das famílias do Mestre Julião Ramos e Mestre Pavão, para receber a população e devotos da Santíssima e do Divino Espírito Santo. As famílias do Mestres, já falecidos, e festeiros, começam os rituais religiosos e festivos, continuando a tradição deixada por  seus bisavós. Nestes ambientes, é possível perceber as diferentes gerações de povos afrodescendentes cantando o tocando juntas, da centenária Tia Zefa, aos netos e bisnetos que já tocam, dançam e cantam.

 

Serviço:

 

Abertura do Ciclo do Marabaixo

 

Passeio Ciclístico – Sábado de Aleluia:

Concentração: 7h, na avenida Mário Cruz

Encerramento: Igreja São José

 

Rodas de Marabaixo:

 

Sábado de Aleluia:

FAVELA E CAMPINA GRANDE

Barracão da Dona Dica Congó – Av: Mendonça Júnior – 1275

Barracão da Dona Gertrudes – Av: Duque de Caxias – 1203

Centro Cultural Jesus Maria José – Km 21 – Rodovia Macapá/Jari (Campina Grande)

 

Domingo de Páscoa

LAGUINHO

Mestre Julião Ramos/Tia Biló – Rua Eliezer Levy entre Mãe Luzia e José Tupinambá

Mestre Pavão – Av: José Tupinambá entre Leopoldo Machado e Jovino Dinoá

 

Mariléia Maciel

Assessoria de Comunicação – Comissão Ciclo do Marabaixo

Deixe uma resposta