Acre celebra Dia da Biodiversidade com mais de 700 espécies de aves

Das 1.300 espécies de aves existentes na Amazônia, 711 já foram registradas no Acre e outras 22 aguardam confirmação. Com vasta biodiversidade e 87% de floresta preservada, o estado tem se destacado no cenário nacional com a atividade de observação de aves, em decorrência das políticas de valorização do seu ativo ambiental.
Situado no Centro de Endemismo Inambari – área que concentra um grupo de espécies com padrão de distribuição geográfica restrita – o Acre pode ser considerado como uma das últimas fronteiras de biodiversidade, surpreendendo com espécies recém-descritas para a ciência, nos últimos dez anos, como é o caso da choca-do-acre e da e a maria-sebinha-do-acre.

“Essa diversidade de espécies tem chamado atenção de um segmento social que se dedica a uma atividade que se beneficia dessa biodiversidade de uma maneira contemplativa sem causar impactos e ainda gera aquecimento da economia local”, explica o ornitólogo (biólogo especialista em pássaros) da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e entusiasta da atividade de observação de aves no Acre, Ricardo Plácido.
Nesta segunda-feira, 22, celebra-se o Dia Internacional da Biodiversidade, data criada pela Organização das Nações Unidas (ONU), com intuito de conscientizar a sociedade sobre a importância da diversidade biológica e necessidade da proteção da biodiversidade em todos os ecossistemas do planeta.

Fomento econômico

Em 2016, a atividade de observação de aves, durante três meses, movimentou uma econômica de R$ 50 mil, somente em Rio Branco. Neste ano, 25 pessoas já estão programadas para visitar o estado, o que deve gerar uma receita de R$ 65 mil, entre junho e outubro.

“Cada ano mais pessoas devem procurar o estado para praticar observação de aves”, ressaltou Ricardo, que é guia dos turistas que agendaram visitas para fotografar aves da região.

Com o intuito de organizar e fortalecer a prática turística, o governo do Estado vai realizar no próximo ano uma capacitação, voltada para os comunitários das unidades de conservação, onde as visitas são realizadas. Assim, a atividade gera renda para as populações tradicionais.

No site www.wikiaves.com você encontra todos as espécies de aves catalogadas, inclusive as endêmicas e raras, como é o caso da choca-do-acre e da e a maria-sebinha-do-acre avistadas no Acre.

Agencia de Notícias do Acre

Deixe uma resposta