Estados da Amazônia registram 16 das 74 mortes no feriado de Corpus Christi

Maísa Penetra

A Operação Corpus Christi, que reforçou o policiamento nas rodovias federais nesse feriado, registrou redução de 20,7% no número de acidentes graves em todo o país, em relação ao mesmo período do ano passado.

A operação começou no dia 14 e foi encerrada à meia-noite desse domingo (18).

Em todo o país, 74 pessoas morreram nas rodovias federais. Dessas, 16 na região amazônica. Foram oito no Acre, quatro no Maranhão, três no Pará e uma em Mato Grosso.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o volume de veículos na região foi menor que o esperado para o feriado prolongado. O estado com o menor número de acidentes foi o Amapá: foi registrado somente um acidente, sem mortes.

Das 3.097 multas de trânsito aplicadas na Amazônia durante os cinco dias de operação, 1.351 foram aplicadas no Maranhão. O Tocantins registrou 350 e em Mato Grosso, foram aplicadas 147.

As principais causas das multas nos estados da Amazônia foram ultrapassagem indevida, excesso de velocidade, motociclistas sem capacete, falta de equipamento de segurança para crianças e não uso do cinto.

O Maranhão também ficou em primeiro no número de apreensões. Foram 29 carros recolhidos devido a falta de licenciamento do veículo e motoristas sem carteira de habilitação. Quatro carros roubados foram recuperados nesse feriado, em estradas maranhenses.

EBC

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: