Índios ocupam escritório da Norte Energia em Altamira, no sudoeste do Pará

A ocupação ocorreu nesta terça-feira (26). Os indígenas cobram cumprimento do acordo de compromisso da Norte Energia e que estaria em atraso.

Indígenas do Xingu ocuparam um escritório da Norte Energia S/A, empresa que administra a usina de Belo Monte, nesta terça-feira (26), em Altamira, no sudoeste do Pará. Eles protestam pelo não cumprimento do acordo de compromisso firmado com a empresa e que estaria em atraso.

Uma Procuradora do Ministério Público Federal foi até o local do protesto para ouvir as reinvindicações dos manifestantes.

A Norte Energia informou em nota, que os grupos indígenas que estiveram presentes no escritório da empresa, em Altamira, participaram de reunião sobre as atividades produtivas desenvolvidas nas aldeias com apoios Norte Energia.

As ações voltadas ao atendimento dos povos indígenas residentes de áreas próximas à UHE Belo Monte fazem parte do Projeto Básico Ambiental, validado por órgãos públicos e federais. Desde o início de sua operação.

Em relação ao cumprimento dos prazos das obras que integram o projeto, a Norte Energia garante que está em diálogo com os indígenas e as empresas prestadoras de serviço contratadas para a execução destas ações.

G1 PA

Deixe uma resposta