ONU vai montar centro de referência para atender venezuelanos na Universidade Federal de Roraima

Inaê Brandão

Espaço em Boa Vista oferecerá serviços para venezuelanos que chegam a Roraima. Em 2017, mais de 6,4 mil venezuelanos pediram refúgio na PF no estado.

Agência da ONU para Refugiados (Acnur) está montando em Roraima um Centro de Referência ao Refugiado e Migrante dentro da Universidade Federal de Roraima (UFRR), em Boa Vista.

O espaço funcionará em um prédio da instituição conhecido como ‘Malocão Cultural’. Nesta quarta-feira (27), o porta-voz da Acnur no Brasil, Luiz Fernando Godinho, informou que o prédio será reformado.

A medida da Acnur é uma resposta da Organização das Nações Unidas à grande migração de venezuelanos para o estado que começou em 2016 e aumentou neste ano com o agravamento da crise econômica e político no país que faz fronteira com o estado. Ainda não se sabe quando o centro começará a atender os venezuelanos.

Segundo dados da Polícia Federal em Roraima, mais de 6,4 mil pedidos de refúgio de venezuelanos foram registrados de janeiro a junho de 2017. O número representa um aumento de 188% em relação aos 2,2 mil pedidos realizados em todo o ano de 2016. Em 2015 foram feitas 230 solicitações.

Veja matéria completa no G1 RR

 

Deixe uma resposta

WhatsApp chat