Catalunha pode declarar independência da Espanha já no fim de semana, diz líder

A Catalunha pode declarar independência da Espanha já no fim de semana, disse o líder da região, Carles Puigdemont, deixando o país europeu mais próximo de uma ruptura que ameaça as fundações de sua democracia.

A crise constitucional abalou o euro e as ações e títulos espanhóis, e a SEAT, unidade da Volkswagen na Espanha, relatou uma interrupção em suas atividades na terça-feira devido a protestos. O Caixabank, da Catalunha, e o ministro da Economia espanhol procuraram tranquilizar os clientes dos bancos garantindo que seus depósitos estão seguros.

Puigdemont disse à rede BBC em comentários publicados nesta quarta-feira que seu governo pedirá ao Parlamento regional para declarar independência depois de contar os votos do referendo de domingo, que Madri considerou ilegal.

Os comentários vieram a público depois que o rei espanhol Felipe 5º acusou líderes separatistas na terça-feira de destruírem os princípios democráticos e de dividirem a sociedade catalã. Enquanto isso, dezenas de milhares de pessoas protestaram contra a repressão violenta da polícia espanhola na votação de domingo.

“Devemos declarar independência 48 horas depois que todos os resultados oficiais forem contados”, disse Puigdemont, segundo comentários publicados no site da BBC.

Veja matéria completa no Terra

Deixe uma resposta