Ataque na Somália, o mais letal em uma década, deixa mais de 200 mortos

Um massivo ataque com bombas em uma área movimentada da capital da Somália, Mogadíscio, matou pelo menos 276 pessoas, segundo autoridades locais. A explosão aconteceu no sábado.

Outras 300 pessoas ficaram feridas após dois caminhões repletos de explosivos foram detonados perto de um hotel.
É o ataque mais mortal na Somália desde que o grupo islâmico al-Shabab iniciou sua insurgência, em 2007.

Não está clara a autoria do bombardeio, mas Mogadíscio é alvo de militantes do al-Shabab que lutam contra o governo.

Somalis foram às ruas protestar contra o al-Shabab e pedir por doadores de sangue. Os hospitais estão superlotados de feridos e há falta de medicamentos e de bolsas de sangue.

Veja a íntegra no site BBC Brasil

Deixe uma resposta