Moradores trabalham junto com pesquisadores nas escavações de sítio arqueológico no Amapá

Moradores de Santa Luzia do Pacuí no Amapá trabalham junto com pesquisadores nas escavações do sítio arqueológico encontrado na região há pelo menos duas décadas. O trabalho vai ajudar a preservar o material escondido sob a terra, como urnas funerárias e utensílios de cerâmica.

Os objetos mostram que a área foi habitada por grupos indígenas que dominavam a pesca, a agricultura e tecnologias de fabricação de cerâmica.

 

Desde outubro, quando começaram as atividades, já foram identificadas pelo menos 26 urnas funerárias no sítio localizado a 113 quilômetros de Macapá. As escavações são importantes porque, no local, serão feitas obras de mobilidade, além da construção de rodovias estaduais e conjuntos habitacionais.

 

Após o processo de escavação em campo e análises laboratoriais, além da higienização, registro e demais atividades, todo o material será catalogado para integrar a reserva técnica do Instituto de Estudos e Pesquisas do Amapá (Iepa). O estado tem pelo menos 550 sítios arqueológicos mapeados.

Via EBC

Foto: Chico Terra

Deixe uma resposta