Estrela “zumbi” explodiu 60 anos após ter sobrevivido a outra explosão

Uma supernova desse tipo nunca havia sido observada anteriormente

Supernova é o nome que se dá para uma grande explosão que ocorre nos estágios finais da “vida” de uma estrela. Normalmente, uma vez que ela ocorre, é o fim para o astro. Mas não no caso da iPTF14hls.

Situada há meio bilhão de anos-luz da Terra, a estrela já explodiu diversas vezes desde 1954. “Esta é a supernova mais estranha que já vimos. É a primeira vez que vimos explosões múltiplas no mesmo lugar”, afirma Iair Arcavi, astrônomo do Observatório de Las Cumbres, ao The Guardian. Não existe uma teoria conhecida que explique o fenômeno.

O fato curioso veio à tona em 2014, quando a supernova brilhou por mais de 600 dias, diminuindo e aumentando de luminosidade várias vezes — pelo menos cinco em menos de três anos. Geralmente, essas explosões chegam ao brilho máximo, brilham por alguns meses e desaparecem em apenas 100 dias.

Veja mais no site Galileu

Deixe uma resposta