The Stone Ramos e Adriano Arcanjo comandam o som da Feira do Paço neste domingo (12)

Neste domingo (12) acontece mais uma edição da maior feira de rua da cidade, realizada pelo Instituto Amazônia no Centro Histórico. A Feira do Paço, em edição especial de homenagem ao artista amazonense Moacir Andrade, tem início às 16h no entorno da Praça Dom Pedro II (em frente ao Paço da Liberdade) e traz uma extensa programação artística com destaque para a apresentação da banda The Stone Ramos e do cantor Adriano Arcanjo.  
 
Além da programação musical que traz ainda o som refinado da Banda Sinfônica do Amazonas e do grupo Abner Viana e Quinteto, integrante do Selo Uirapuru, apresentando um repertório que mistura o erudito e o moderno em canções famosas da MPB, as apresentações de dança também fazem sucesso entre o público. Nesta edição será a vez do Street Dance invadir o palco, além da prata da casa: Grupo Rosas Dança de Salão, da Universidade Estadual do Amazonas (UEA). O grupo Caminhos da Arte também se apresentará com número de malabares.
 
A programação multicultural faz parte da maior feira de economia criativa que dispõe de mais de 30 stands de produtos variados e confeccionados por empreendedores locais, que integram o Programa de Desenvolvimento Manaus Economia Criativa, sob coordenação do Gestor de Cultura e Economia Criativa do Instituto Amazônia, Beto Contartesi.
 
Dentro dos setores, a feira contempla ainda área zen, área infantil, área Pet, setor de moda e área Geek que está a cada edição ampliando suas atividades e atraindo os amantes dos jogos, robótica e tecnologia. Nesta edição algumas novidades serão apresentadas, como a diversidade de jogos de tabuleiro, entre eles um dos jogos mais épicos e querido, o Clash Royale, e a criação de uma área para videokê.
 
A diversidade de comidas no setor de gastronomia com sanduíches artesanais, massas, comidas regionais e uma extensa variedade de doces, é outro destaque do evento. A Feira do Paço acontece todos os segundos domingos de cada mês, com entrada gratuita, no entorno da Praça Dom Pedro II, ocupando com arte, música e muita criatividade as ruas Bernardo Ramos, Gabriel Salgado e Sete de Setembro, no Centro Histórico.

Deixe uma resposta