Primeiras apresentações do edital Cidades Fora do Eixo são realizadas no Bujari

As apresentações ainda passarão nas cidades de Senador Guiomard, Capixaba, Porto Acre, Plácido de Castro e Acrelândia (Foto: cedida)

Os grupos Quadrilha Amor Junino, Experimental de Teatro Vivarte e o cantor acreano Heloy de Castro levaram no último domingo, 26, suas apresentações ao moradores do Bujari. A iniciativa é parte do edital Cidades Fora do Eixo, promovido pelo governo do Estado, por meio da Fundação Elias Mansour (FEM) e da Fundação de Cultura do Estado do Acre.

Oriundo de uma emenda parlamentar do deputado federal César Messias, o projeto recebeu recurso avaliado em R$ 500 mil, que está sendo aplicado em atividades formativas por meio de oficinas de teatro, dança e música. O edital ainda é voltado para a circulação de espetáculos e shows nas mesmas linguagens, que ainda passará nas cidades de Senador Guiomard, Capixaba, Porto Acre, Plácido de Castro e Acrelândia.

“A ideia do Cidades Fora do Eixo é exatamente levar ações culturais para locais descentralizados, distantes das capital. Isso é bom para os dois lados: para os artistas, que poderão levar suas apresentações a um público cada vez mais amplo, e para a comunidade, que terá acesso a esses produtos”, diz a diretora-presidente da FEM, Karla Martins.

Com o espetáculo “YNE – Histórias, Cantos e Encantos”, o grupo de Teatro Vivarte levou cinco histórias coletadas pelas andanças no Acre.

“Levar isso para a população é muito legal, pois é nossa cultura, nossa forma de falar, nosso jeito de cantar. E lá vimos a recepção do público, que foi muito boa. Ficamos muito feliz com os olhares cheios de atenção e participação”, enfatiza Dani Mirini, diretora artística do grupo.

Marcia Moreira

Deixe uma resposta

WhatsApp chat