Lia Sophia lança quinto álbum, ‘Não Me Provoca’, no SESI Belém

Prestes a lançar o álbum Não Me Provoca, a cantora e compositora Lia Sophia sobe ao palco do SESI Belém, dia 20 de dezembro, para apresentar as novidades do quinto disco da carreira, além de passear por sucessos do seu repertório, como “Ai Menina”, “Um Beijo”, “Lero Lero” e “Quando Eu Te Conheci”.

 

Com participação do carioca Pedro Luís, produtor musical de Não Me Provoca e dueto de Lia Sophia na faixa “Quero Ver Se Segurar”, o show apresentado no Sesc Pompeia marca o lançamento deste que é o álbum com temática mais feminina da artista.

 

Dentre as onze músicas do disco, dez foram compostas por mulheres – Lia Sophia assina oito delas. Os versos de “Eu me Chamo Amazônia“, cujo teaser foi lançado esse ano pelas redes sociais da cantora, sugerem a força feminina do álbum: “Não me provoca / Eu sou filha da floresta / E se o vento me sopra / Eu faço pororoca”.

 

“Eu havia composto várias canções, que para mim tinham caminhos bem diferentes, algumas dançantes, outras românticas; quando eu as apresentei para o Pedro Luís, ele disse que elas tinham uma voz e presença femininas muito fortes. Então seguimos esse caminho para definir o repertório final. Eu não compus pensando nisso, mas acho que esse era um desejo latente que naturalmente apareceu nas canções”, conta Lia Sophia.

 

Entre as onze faixas do novo álbum de Lia Sophia, destacam-se “Ela“, que traz como tema o empoderamento feminino e contou com a participação de Ney Matogrosso na gravação, “Fogo de Palha“ e “Outro Dia”, cujos versos abordam com leveza temas como o amor e as diversidades sexual, racial e de gênero, além de “Quero Ver Se Segurar”, gravada em dueto com Pedro Luís, e “Me Beija”, com participação de Paulinho Moska.

 

A estética de Não Me Provoca segue o caminho de valorização das identidades sonoras brasileiras, misturando carimbó, banguê, marabaixo, zouk e guitarrada, com outras levadas da música pop, como funk, reggaeton e samba.

 

No palco, a banda que acompanha Lia Sophia é formada por Gileno Fanquinos na guitarra, Peter Mesquita no contrabaixo, Bolão na percussão, Tércio Guimarães no saxofone, Diogo Duarte no trompete e Paulinho Giraya na bateria, além da participação especial do cantor, compositor e músico carioca Pedro Luís.

 

A apresentação de Lia Sophia no Sesc Pompeia faz parte do projeto Plataforma, que engloba o lançamento de shows musicais inéditos, CDs e DVDs.

 

Mais sobre Lia Sophia

Cantora, compositora e instrumentista, Lia nasceu em Caiena, na Guiana Francesa, em 1978, e veio para o Macapá ainda criança. Com cinco álbuns na carreira (“Livre”, 2005, “Castelo de Luz”, 2009, “Amor, Amor”, 2010, “Lia Sophia”, 2013, e “Não me Provoca”, 2017), ela é conhecida pelo som que mistura influências da música regional nortista, como a percussão do carimbó, com ritmos internacionais.

Foto: Chico Terra

Deixe uma resposta