Com queima de fogos, rio-branquenses celebram a chegada de 2018

Para comemorar a chegada do novo ano que se inicia, já é tradição para várias famílias acreanas celebrar o réveillon às margens do Rio Acre, na região da Gameleira. Para abrilhantar ainda mais as comemorações, a Associação de Moradores do Bairro da Base organizaram uma queima de fogos, com o apoio do governo do Estado e da prefeitura de Rio Branco.

Este ano, a queima de fogos do “Réveillon da Base” teve duração de 10 minutos. Foram mais de 180 caixas de fogos de artifício de todos os tipos garantiram o show pirotécnico. Quem foi prestigiar a chegada do ano novo no bairro Base contou também com espaços para alimentação e show com bandas locais que animaram o show da virada.

A professora, Ana Clara Sampaio, que reside em Sena Madureira e está em Rio Branco para comemorar as festas de fim de ano, comenta que é a segunda vez que acompanha o réveillon na capital acreana.

“Há dois anos que acompanho a virada de ano em Rio Branco, é lindo e bem organizado, eu e minha família aguardamos ansiosos a chegado de 2018, desejo a todos paz saúde e alegria”, disse a professora.

O estudante de agronomia, Francisco López, comenta que esse ano foi bastante difícil com diversos acontecimentos que mudaram a vida do brasileiro. “2018 será um marco para a população, espero que tenhamos mais consciência nas urnas e tolerância com o próximo.

Festa popular

Um dos diferenciais dessa edição da virada do ano foi a cachoeira com efeitos especiais, na ponte Juscelino Kubitschek, conhecida popularmente como ponte metálica.

“Esse não é o réveillon dos moradores da Base, mas sim de todos os rio-branquenses porque essa festa é feita com amor e carinho para o povo”, comentou Rocilene Dantas, presidente do bairro da Base e uma das organizadoras do evento.

Marcelo Torres

Deixe uma resposta