Hemocentro do AM fará teste inédito para identificar malária em doadores

Hemoan, Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas, será o primeiro hemocentro do país a fazer testes para identificar malária no sangue de doadores. Trata-se de um projeto-piloto com a parceira da Fiocruz, Fundação Oswaldo Cruz, e do Bio-Manguinhos, Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos.

O início do trabalho está previsto para o mês de março, segundo a Susam, a Secretaria de Estado de Saúde. O teste inédito foi uma demanda do Amazonas devido ao risco de transmissão da malária por doador de sangue assintomático, ou seja, que não apresenta sintomas da doença.

A Susam informou ainda que também serão testadas amostras de todos os doadores do Acre, Rondônia e Roraima. Caso os resultados do projeto sejam positivos, os testes também serão aplicados em outros estados.

A Amazônia concentra 99% dos casos de malária no país. A doença é transmitida por meio da picada da fêmea do mosquito Anopheles, infectada por Plasmodium, um tipo de protozoário. Entre os sintomas estão febre alta, calafrios, tremores, sudorese e dor de cabeça.

EBC

Deixe uma resposta