Corpo de Bombeiros do TO alerta para cuidados com crianças em rios e lagos

Nesse sábado, duas crianças de cinco e seis anos desapareceram em uma praia em Porto Nacional, no Tocantins, e foram encontradas mortas no domingo pelo Corpo de Bombeiros. O major Erisvaldo de Oliveira Alves, do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins, orienta sobre as principais precauções a serem tomadas para evitar o afogamentos com crianças.

“É necessário que um adulto acompanhe a criança o tempo todo”, recomenda. “Não é porque tem um guarda-vidas na piscina ou na praia que o responsável por aquela criança vai ficar despreocupado. A responsabilidade de acompanhar onde está a criança é dos pais ou do responsável.”

Os procedimentos de primeiros socorros e o cumprimento das regras de segurança em locais de banho, também foram abordadas pelo major. “Se houver  guarda-vidas já acionar de imediato, se não, aciona o Corpo de Bombeiros, pelo 193, se for em algum município que não tiver Corpo de Bombeiros, levar a um posto de saúde. E se alguém do local tiver conhecimento das técnicas de reanimação também pode proceder dessa forma”, orienta. “As praias, de uma forma geral, têm suas delimitações de áreas de banho. Então o adulto tem que ter o maior cuidado para a criança ficar naquele local.”

Outros destaques do Repórter Nacional – Amazônia:

– Ministério Público do Acre abriu inquérito para investigar irregularidades nas Santa Casa de Misericórdia, em Rio Branco

– Quatro macacos foram encontrados mortos em Palmas neste mês

Escute o programa completo:

EBC

Deixe uma resposta